'Promessas de Amor' estreia na Record


Karina Craveiro TV Press
Karina Craveiro TV Press

A aposta está feita. Depois de quase 500 capítulos de ETs, vampiros e mutantes, Tiago Santiago quer mais. O autor da trilogia, que começou em 2007 com ''Caminhos do Coração'' e passou por ''Os Mutantes'', em 2008, pretende dar um desfecho mais ''real'' à sua história. ''Promessas de Amor'', última parte da saga, chega hoje com grande parte do elenco de ''Os Mutantes'', mas apresenta 15 novos personagens, que darão à trama um toque mais tradicional de folhetim. A ideia não surgiu à toa. A intenção é manter o público que se interessava pelos superseres e ainda conquistar uma fatia de telespectadores que querem ver o romance de volta. ''O público dessa faixa é habituado a histórias clássicas, por isso estamos tentando manter a audiência que já temos. E buscar quem queria o tradicional também'', explica o autor.
A diferença mais evidente é que, a partir de agora, os personagens centrais da trama são humanos, e não mutantes. O romance será o fio condutor da história, que começa na cidade de Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro. É lá que a professora Sofia, personagem de Renata Dominguez, é atacada por seu ex-namorado. A jovem reage e um tiro é disparado, matando o rapaz. Mas quem chega para consolar e acalmar Sofia é o empresário Amadeus, vivido por Luciano Szafir. Depois do incidente, os dois se apaixonam, casam-se e decidem morar no Rio de Janeiro. Na cidade grande, Sofia trabalha no Colégio Novo Ensino, onde é assediada por Nestor, filho do dono do colégio, interpretado por Léo Rosa, grande vilão da trama. É justamente nessa escola que as crianças mutantes se escondem da Delegacia de Controle de Mutantes. Já os mutantes adultos ficarão refugiados em uma ONG chamada Caminhos do Coração. ''Acho que essa é uma grande jogada. A história vai mudar muito e o público vai sentir a diferença. Espero que dê certo'', torce Renata Dominguez.
Um dos problemas dos novos atores do elenco será que os personagens chegarão sem passado ao folhetim. O ator Léo Rosa, que interpreta o vilão Nestor, acredita ser mais difícil iniciar um trabalho já conhecido com um personagem que não tem história. ''Isso me dá medo, porque o personagem já vem pronto, ele já se apresenta no primeiro capítulo. Não tenho tempo nem de estudá-lo''.
Nem o autor da trama, Tiago Santiago, teve tempo para se integrar à nova fase. Escreve sem folga. Já o diretor Alexandre Avancini se divide entre a direção de ''Os Mutantes'', o seriado ''A Lei e o Crime'' e ''Promessas de Amor''. Com tanta correria, a novela tem pouca frente. Bianca Castanho, que vive a ex-prostituta Armanda, comparsa de Nestor, confessa: ''Sei muito pouco sobre ela e não gravamos quase nada. Mas acredito ser uma vilã bem diferente das que já fiz até hoje''.
Apesar destes problemas o formato de trilogia agradou. As duas primeiras partes chegaram a atingir 17 pontos no ibope. A média geral girou em torno de 14 pontos. Se o desempenho de ''Promessas de Amor'' continuar, a intenção é até prolongar um pouco mais a trama. Avancini acredita que o resultado do trabalho diz respeito também ao estilo do telespectador, que, segundo ele, não quer que o melodrama permaneça em todas as situações. ''As referências estão mudando e a novela tem de acompanhar isso, ficando mais enxuta. O mercado é competitivo e não dá para empurrar com a barriga''.
- Promessas de Amor - Record, de segunda a sábado, às 20h45

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo