Abril é um grande mês para o Projeto Brisa, idealizado pela Funcart - Fundação Cultura Artística de Londrina, na sua quarta temporada. Depois de dois saraus artísticos, um realizado na Concha Acústica de Londrina em dezembro de 2022 e outro no Centro POP, em março, o Brisa agora ocupa neste sábado (15), a Praça Marechal Floriano Peixoto, ao lado da Catedral para uma tarde de muita arte, a partir das 15h20. No final do mês, o Projeto Brisa recebe “Encontro de Gigantes", espetáculo do Núcleo Às de Paus na Funcart às 10h e ainda estão programadas mais cinco ações até julho entre elas, a realização de mais dois Saraus Artísticos, a Oficina “Noções Básicas de Técnica de Palco" e ainda a promoção de um espetáculo.

Projeto Brisa incentiva a produção e fruição da cultura junto à população em situação de rua
Projeto Brisa incentiva a produção e fruição da cultura junto à população em situação de rua | Foto: Fábio Alcover/ Divulgação

Reafirmando a sua missão de incentivar a produção e a fruição da cultura especialmente junto à população em situação de rua, a programação do Sarau Artístico do Projeto Brisa que acontece na tarde do próximo sábado (15), traz a performance “Um Homem Chamado Rúa”; com Leo Garcia, às 15h30 com técnicas de palhaçaria, malabares e música que tem tudo a ver com a arte das ruas, com beat box e rap. Às 16h15 é a vez do DJ Olliviery com um set list que traz a representatividade de artistas pretos e trans, mixando grandes sucessos nacionais e internacionais. Logo depois, às 16h30 é a vez da Ocupação LABGANG, grupo que traz para o Projeto Brisa a potência das danças urbanas embaladas pelos ritmos do hip hop. Entre as apresentações dos artistas selecionados pelo Edital Brisa, está o Palco Aberto, para quem quiser se apresentar. O DJ Olliviery e a Ocupação LABGANG fazem duas apresentações em horários diferentes dentro da programação que vai até às 18h. Em caso de mau tempo, o evento será adiado e remarcado em uma nova data.

O projeto Brisa nasceu da vontade da Secretaria de Assistência Social do Município de incluir e facilitar o acesso das pessoas que vivem em situação de rua à cultura, numa tentativa de promover a integração deles com o conjunto da sociedade em um momento privilegiado, com a cultura intermediando esta relação. Como afirma Silvio Ribeiro, coordenador do Projeto e também da Escola Municipal de Teatro: "voltamos para a rua, para uma praça no Centro da Cidade e isso nos causa uma grande expectativa por nos aproximar do local onde nosso público realmente está, depois de pandemia e de tanto tempo acontecendo em locais fechados. Toda a programação foi pensada para esse momento para termos o envolvimento de quem estiver na rua naquele momento”, diz.

Ribeiro trabalhou mais de dez anos com crianças e adolescentes em situação de rua e para ele, o Projeto sempre mostrou o seu potencial de transformação da qualidade de vida dos desabrigados, desde a sua primeira edição, realizada entre agosto de 2018 e maio de 2019. “A realização das atividades é importante para devolver o senso de cidadania para estas pessoas, promovendo o bem-estar, que passa pelo direito constitucional à cultura. Garantir o direito à arte, através do Brisa, é um pequeno passo diante de tantas outras coisas que precisam acontecer para que essas pessoas sejam mais respeitadas”, comenta.

*Com assessoria de imprensa

SERVIÇO

Sarau Artístico Brisa

Onde: Praça Marechal Floriano Peixoto, ao lado da Catedral

Quando: Sábado (15)

15h20 - Abertura

15h30 – “Un Homem Chamado Rúa” com Leo Garcia

16h00 - Palco Aberto

16h15 – Dj Olliviery

16h30 - Ocupação LABGANG (Danças urbanas)

16h45 - Palco Aberto

17h00 – Dj Olliviery

17h20 - Ocupação LABGANG (Danças urbanas)

17h40 - Palco Aberto

18h00 - Encerramento

Patrocínio: Secretaria Municipal da Cultura por meio do PROMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura

Realização: Funcart

Apoio: Secretaria de Assistência Social e Centro POP