Imagem ilustrativa da imagem PALAVRA DE ESTUDANTE
"Foi divertido e não achei complicado abordar a loucura com as pessoas na rua. Algumas pessoas se afastaram, mas outras queriam mais explicações sobre o que estávamos fazendo. Foi a primeira vez que pesquisei sobre o Bispo do Rosário e li as obras sugeridas para o trabalho. Foi uma forma de expandir o meu conhecimento."Lauren Caroline Sampaio de Sales, de 15 anos
Imagem ilustrativa da imagem PALAVRA DE ESTUDANTE
"Foi uma experiência única e interpretei um médico louco, fazendo referência ao personagem Simão Bacamarte, do conto 'O Alienista', de Machado de Assis, que considera que tudo que foge do padrão é loucura. Achei interessante fazer essa reflexão junto às pessoas também."Vinicius Gomes de Lima, de 15 anos
Imagem ilustrativa da imagem PALAVRA DE ESTUDANTE
| Foto: Fotos: Gina Mardones
"Fiquei muito animada, porque gosto de lidar com ações estéticas e práticas. Estava curiosa para ver a reação das pessoas e usei o vestido da minha festa de 15 anos para caracterizar uma personagem que gasta de forma compulsiva. Todos nós podemos ter excessos que podem virar loucura. É uma reflexão importante."Ana Luiza Silva Brum, de 15 anos