|
  • Bitcoin 109.486
  • Dólar 5,2387
  • Euro 5,5447
Londrina

'Narradores de Javé' vence o Festival de Cinema de Recife

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 01 de maio de 2003

Agência Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Recife - O inédito filme ''Narradores de Javé'', da paulista Eliane Caffé, ganhou a maioria dos prêmios no Cine PE 2003, que acabou anteontem em Recife. O longa levou nove dos 16 prêmios da competição oficial.
''Narradores de Javé'' conta a história de uma comunidade do interior de Minas Gerais que luta contra a construção de uma barragem. O filme já foi exibido no festival de Roterdã.
Os prêmios foram entregues no Cine-teatro Guararapes, diante de um público de cerca de 2.000 pessoas. O festival de Recife é conhecido tradicionalmente pelo grande público que atrai nas sessões diárias.
Eliane Caffé, que em 1998 fez ''Kenoma'', foi considerada a melhor diretora do festival. ''Narradores de Javé'' ganhou também os prêmios por melhor filme, melhor som, melhor montagem, melhor ator (para José Dumont), melhor ator coadjuvante (para Gero Camilo) e melhor atriz coadjuvante (para Luci Pereira).
Ganhou também prêmios extras como o da crítica e o Prêmio Gilberto Freire. O filme ainda não tem data de estréia prevista.
Outras premiações - ''Durval Discos'', vencedor do festival de Gramado do ano passado e que já estreou nos cinemas, ganhou três prêmios (melhor roteiro para Paulo Halm, melhor direção de arte e melhor atriz para Etty Fraser).
''Dois Perdidos Numa Noite Suja'', de José Joffily, ganhou o prêmio por melhor fotografia (para Nonato Estrela) e por melhor figurino.
O também inédito ''Lua Cambará - Nas Escadarias do Palácio'', do cearense Rosemberg Cariri, ficou com o prêmio de trilha sonora.
Fábio Nassar, de ''Celeste e Estrela'' (Betse de Paula), ganhou um prêmio extra de ator revelação.