ARTE E PANDEMIA -

Museu Oscar Niemeyer reabre as portas ao público

Seguindo todos os protocolos de saúde e de distanciamento social, o MON volta receber visitantes após ficar sete meses fechado

Felipe Soares Luz/ Estagiário
Felipe Soares Luz/ Estagiário

 

Museu Oscar Niemeyer reabre para visitação com medidas de segurança contra a covid
Museu Oscar Niemeyer reabre para visitação com medidas de segurança contra a covid | Marcello Kawase/ Divulgação
 


No último sábado (9), o Museu Oscar Niemeyer, de Curitiba, reabriu as portas para o público seguindo as orientações de segurança determinadas pela Secretaria de Estado da Saúde. Devido a pandemia, o Museu precisou ser fechado e permaneceu quase sete meses sem visitação.

Nesta reabertura, entre as medidas de prevenção está o limite de pessoas para a visitação nas salas, para manter o controle e o distanciamento seguro entre os visitantes. O material impresso, antes entregue na entrada do estabelecimento, foi substituído por versões digitais disponíveis em QR Codes por todos os ambientes do museu. 


Mesmo ficando temporariamente fechado nos últimos meses, o MON (Museu Oscar Niemeyer) inaugurou seis novas exposições físicas, sendo elas “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses – Segunda Edição”; “Tony Cragg – Espécies Raras”; “Gente no MON”, de Dico Kremer; “A Violência sob a Delicadeza”, de Vera Martins; “Yutaka Toyota – O Ritmo do Espaço” e “Fernando Velloso por ele mesmo”. 

Em cartaz, também estão as mostras: “O Mundo Mágico dos Ningyos”; “Luz ≅ Matéria”; “África, Mãe de Todos Nós”; “Museu em Construção”; “Espaço Niemeyer”; “Cones” e obras do Pátio das Esculturas.


Entre os protocolos de segurança do MON será permitida a entrada de até 200 pessoas, de forma simultânea no local. A compra de ingressos online é uma das estratégias para evitar o grande fluxo de pessoas nas filas. O uso de máscaras durante todo o período de visitação é obrigatório, assim como a aferição de temperatura na entrada e higienização das mãos e demais objetos portados pelos visitantes. O Museu aponta para a escolha de horários sem grandes fluxos de pessoas, como pela manhã ou após as 16h.

Para pessoas com baixa mobilidade, o uso de elevadores será liberado para uso individual ou por pessoas do mesmo grupo de convivência como, por exemplo, as famílias. Por segurança, o Museu pede para evitar o toque nas obras expositivas, corrimãos, portas e exposições de vidro, tanto pela higiene quanto para a preservação das obras.


Pessoas portadoras de deficiência visual ou com baixa visão que queiram visitar o espaço tátil do Museu Oscar Niemeyer, deverão obrigatoriamente agendar a sua visita via email ([email protected]), pois o local está fechado para os demais visitantes e é preciso fazer a higienização necessária para os que fizerem o agendamento.

 

.
. | Marcello Kawase/ Divulgação
 


Outra mudança feita pelo MON é o Centro de Documentação que também está temporariamente fechado para visitas e consultas presenciais. As solicitações para pesquisa podem ser encaminhadas para o e-mail da instituição ([email protected]), além disso, as oficinas artísticas, oferecidas pelo Museu, acontecem de forma online pelas redes sociais e site do MON. 

Além das obras já expostas, outras duas novas exposições foram inauguradas na tarde de ontem, “Fernando Velloso por ele mesmo” e “Yutaka Toyota – O Ritmo do Espaço”. As obras estão expostas nas salas 1 e 4, respectivamente. 


SERVIÇO

Museu Oscar Niemeyer

Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico – Curitiba – Paraná

Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h

www.museuoscarniemeyer.org.br


*Supervisão: Célia Musilli/ editora

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo