SÃO PAULO, SP - Morreu na sexta-feira (7) aos 70 anos Lasse Wellander, guitarrista da banda sueca Abba. A informação foi confirmada nesta segunda (10) no perfil do grupo no Instagram.

"Lasse foi um amigo querido, um cara engraçado e um guitarrista excelente. A importância de sua criatividade no estúdio, assim como seu trabalho de guitarra sólido no palco foi imensa", diz a banda em nota, afirmando que lamenta a morte trágica no guitarrista.

"Lembramos as palavras gentis, o senso de humor, o rosto sorridente e o brilho do homem que desempenhou um papel tão importante na história do Abba. Ele fará muita falta e nunca será esquecido."

Em um comunicado, a família de Wellander disse que ele morreu em decorrência de um câncer.

"É com uma tristeza indescritível que anunciamos que nosso amado Lasse adormeceu. Lasse recentemente adoeceu no que acabou sendo um câncer metastático e, no início da sexta-feira, faleceu, cercado por seus entes queridos", diz a nota, acrescentando que Lasse era um excelente pai e marido. "Gentil, seguro, atencioso e amoroso e muito mais que não pode ser descrito em palavras."

Lasse começou a tocar guitarra ainda criança e fez parte de pequenas bandas da Suécia, país onde ele nasceu. No entanto, foi com o Abba que o músico alcançou o sucesso.

Formado no começo dos anos 1970, a banda estourou em 1974, quando ganhou o festival Eurovision com a música "Waterloo".

Dali em diante, eles lançaram oito álbuns, empilhando hits nas paradas como "Mamma Mia", de 1975, e culminando no disco "Arrival", de 1976, que vendeu mais de 10 milhões de cópias e marcou o auge do grupo, com "Dancing Queen", "Money, Money, Money" e "Knowing Me, Knowing You". O quarteto teve outros hits, mas chegou ao fim já sem o mesmo apelo comercial.