Ludmilla faz homenagem a João Pedro durante live e diz que todas as vidas importam


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Ludmilla, 25, apresentou mais uma live na noite desta sexta-feira (22) e aproveitou para fazer uma homenagem ao menino João Pedro Matos Pinto, 14, morto a tiros durante uma operação policial, enquanto brincava com os primos em casa, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio.

"Descanse em paz, João Pedro, descanse em paz. Todos os meus sentimentos à família dele e todos os outros que perderam seus entes queridos nessa guerra louca. Sem palavras. Todas as vidas importam, inclusive as pretas, tá?", afirmou a cantora após cantar a música "Eu Só Quero é Ser Feliz".



Ludmilla também mudou uma parte da canção para cobrar medidas do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC): "Enquanto os ricos moram numa casa linda e bela, o pobre é humilhado, esculachado na favela. Já não aguento mais essa onda de violência, só peço ao governador um pouco mais de competência".

A live de Ludmilla foi transmitida em seu canal no YouTube e teve a apresentação de sua mulher, a dançarina Bruna Gonçalves, além da participação de Léo Santana e da cantora Marvvila.



Essa foi a primeira apresentação de Ludmilla, desde que ela recebeu alta após problemas renais. Após sentir fortes dores abdominais, a artista foi diagnosticada com pielonefrite aguda complicada, um processo inflamatório nos rins. Ela ficou cinco dias internada, até ser liberada para continuar o tratamento em casa.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias