|
  • Bitcoin 201.509
  • Dólar 5,4587
  • Euro 6,1923
Londrina

TV 5m de leitura Atualizado em 11/01/2022, 10:07

Londrinense atua na novela 'Um Lugar ao Sol'

Premiada por suas atuações no teatro e no cinema, Patrícia Selonk integra o elenco da trama exibida pela Rede Globo em horário nobre

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Elogiada pela crítica especializada pelo bom texto e ótimas atuações, a novela "Um Lugar ao Sol", exibida pela Rede Globo, conta com uma atriz londrinense em seu elenco. Premiada por suas atuações no teatro e no cinema, Patrícia Selonk interpreta Gorete - personagem que na trama é secretária na casa de Bárbara, vivida pela atriz Alinne Moraes. Radicada no Rio de Janeiro, a artista é uma das integrantes da Armazém Companhia de Teatro. 

A atriz Patrícia Selonk interpreta a personagem Gorete na novela "Um Lugar ao Sol"
A atriz Patrícia Selonk interpreta a personagem Gorete na novela "Um Lugar ao Sol" |  Foto: Globo/ Divulgação
 

 Nascida em Londrina, em 1971, Patrícia Selonk iniciou a carreira de atriz em 1987, quando participou da formação da Armazém Companhia de Teatro. No teatro, entre seus personagens mais marcantes, estão o bufão Falstaff de "A Ratoeira é o Gato" (1993), Caliban de "A Tempestade" (1994), quando atuou ao lado do ator Paulo Autran, Estragon de "Esperando Godot" (1998), o Chapeleiro Maluco de "Alice Através do Espelho" (1999), Geni de "Toda Nudez Será Castigada" (2005), Katrin, a filha muda de "Mãe Coragem e Seus Filhos" (2007), a garçonete Cecília de "Inveja dos Anjos" (2008), Laura de "A Marca da Água" (2012) e a personagem título de "Hamlet" (2017). Na montagem de "Angels in America" (2019), Patrícia interpreta sete personagens. 

A londrinense foi premiada diversas vezes ao longo de sua trajetória artística. Em 1994, recebeu o Prêmio Mambembe de Melhor Atriz por sua atuação em “A Ratoeira é o Gato”. Foi contemplada com o cobiçado Prêmio Shell em 2008 por seu trabalho no espetáculo “Inveja dos Anjos”. Ganhou o Prêmio Cenym em 2017 pela sua interpretação em “Hamlet”. Em 2020, recebeu o Prêmio APTR de Melhor Atriz Coadjuvante, por sua participação em "Angels in America." 

Foi indicada ao Prêmio Molière de Melhor Atriz (1994), por sua atuação em “A Ratoeira é o Gato". Recebeu ainda indicações ao Prêmio Mambembe (1997); por “Sob o Sol em Meu Leito após a Água”; ao Prêmio Cultura Inglesa (1999), por “Alice através do Espelho"; ao Prêmio Qualidade Brasil (2004), por “A Caminho de Casa”;  ao Prêmio Shell (2005), por “Toda Nudez será Castigada”;  ao Prêmio APTR (2007), por “Mãe Coragem e seus Filhos”; ao Prêmio APTR (2008), por “Inveja dos Anjos”; e ao Prêmio Shell (2012), por “A Marca da Água”.  

No cinema, protagonizou em 2002 o curta “Um Sol Alaranjado”, de Eduardo Valente, pelo qual recebeu prêmio de Melhor Atriz nos festivais de cinema de Gramado e de Fortaleza. Participou dos longametragens “Verônica” (2008), com direção de Maurício Farias, e Ponto Zero (2015), com direção de José Pedro Goulart, pelo qual foi indicada ao Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cinema de Gramado (2015). Participou também do longa-documentário “Paulo Autran - O Senhor dos Palcos” (2017), com direção de Marco Abujamra.  

Formada em Licenciatura em Dança pela Faculdade de Dança Angel Vianna e professora do Armazém Cia de Teatro,  a atriz idealizou juntamente com Simone Mazzer o projeto 'Quarencena - Live com Cena'. Em 2020, durante ao período de isolamento social, as duas artistas realizaram leituras de diferentes textos teatrais com transmissão on-line pela internet.  

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM