|
  • Bitcoin 143.741
  • Dólar 4,8243
  • Euro 5,1571
Londrina

Folha 2

m de leitura Atualizado em 29/03/2022, 17:37

Londrina: seus espaços, suas histórias não contadas

Curta-metragem 'Urbex: Espaços Abandonados Londrina' estreia nesta terça-feira (29) na internet e fica disponível até o dia 31

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 29 de março de 2022

Walkiria Vieira - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação
menu flutuante

Sob o céu tão admirado em Londrina, muitas Londrinas. A diversidade cultural, as riquezas naturais e as intervenções do homem formam um conjunto no meio urbano e rural e, do ponto de vista  da arquiteta e urbanista, atriz, produtora e artista londrinense Raissa Bessa, os pontos de vista também somam. 

O contraste do abandono e da cidade crescendo O contraste do abandono e da cidade crescendo
O contraste do abandono e da cidade crescendo |  Foto: Divulgação
 

Para a autora do curta-metragem "Urbex: Espaços Abandonados de Londrina", a cidade  é cheia de antagonismos. "Reduto de ciência e tecnologia, mas berço do reacionarismo político e do negacionismo; espaço de arte e cultura, mas ao mesmo tempo lugar de coerção e manifestação de ódio contra artistas e produtores culturais; cidade progressista, mesmo sendo relativamente nova, mas que resiste em dar um passo à frente no que se refere a um modo de viver tranquilo entre o velho e novo", dispara. 

Ainda de acordo com a autora do curta metragem, tudo isso se reflete, direta ou indiretamente nos espaços públicos e privados da nossa urbe." por motivos mais variados, e que espelham bem o pluralismo e os ranços de arrivistas que não viram seu sonho de riqueza prosperar, acabam sendo abandonados à própria sorte. Lugares que contam (ou deveriam contar) histórias são deixados de lado, colocados no chão, viram abrigos para drogados ou sem-teto", pensa. E questiona: " Quantas memórias são, direta ou indiretamente assassinadas com o abandono e destruição desses espaços?

Estrutura abandonada do Shopping Automotivo na Leste-Oeste Estrutura abandonada do Shopping Automotivo na Leste-Oeste
Estrutura abandonada do Shopping Automotivo na Leste-Oeste |  Foto: Divulgação
 

O curta-metragem Urbex: Espaços Abandonados de Londrina nesta terça-feira (29), às 19:30 no Youtube e no Instagram, ficando disponível até o dia 31 à meia-noite. O vídeo é uma extensão do projeto de doutorado da londrinense, cujo objeto são exatamente os espaços abandonados em Londrina, e foi realizado com o apoio do PROMIC.

TEORIA DAS JANELAS QUEBRADAS

A Teoria das Janelas Quebradas, ou "Broken Windows theory"  tem suas bases teóricas estabelecidas na escola de Chicago por James Q. Wilson e George Kelling e  pode ser sumarizada na ideia de que, se uma janela de um edifício for quebrada e não receber logo reparo, a tendência é que passem a jogar pedras nas outras janelas, e posteriormente passem a ocupar o edifício e destruí-lo. 

Raíssa Bessa:  arquiteta, urbanista e atriz mostra Londrina como uma cidade cheia de antagonismos Raíssa Bessa:  arquiteta, urbanista e atriz mostra Londrina como uma cidade cheia de antagonismos
Raíssa Bessa: arquiteta, urbanista e atriz mostra Londrina como uma cidade cheia de antagonismos |  Foto: Divulgação
 

Assim, a Teoria das Janelas Quebradas associa os comportamentos sociais à criminologia (ciência que estuda os criminosos, os crimes e suas causas e consequências). A conclusão dos pesquisadores foi que atos de pequena desordem podem levar a uma desordem maior. Já a desordem maior pode aumentar os índices de criminalidade de um lugar.

Leia mais: 

Prédios abandonados

Em pouco mais de doze minutos, o vídeo mostra – numa linguagem poética – como a cidade foi vendo seus espaços sendo invadidos e, posteriormente serem abandonados pelos mais diferentes motivos. Lugares que deveriam ser espaços de convivência, de brotar histórias, de partilha de arte e cultura acabam se constituindo em cemitérios vivos de construção, espaços de nada. Assim acontece com o que deveria ser o Teatro Municipal, o que era o Hotel Sahão, no centro da cidade, o Shopping Automotivo na Leste Oeste, entre outros.

O documentário que tem o roteiro assinado pela própria Raíssa e pelo escritor e poeta londrinense Eduardo Baccarin-Costa, conta com trilha sonora do músico londrinense Fabrício Martins e Paulo Vitor Poloni que também faz a narração ao lado de Raíssa e da atriz Raquel Sant’Anna, tendo a montagem da arquiteta e urbanista Louisa Savignon e arte gráfica de Rafael Santana.

Serviço:

Lançamento curta-metragem

Urbex: espaços Abandonados Londrina

Quando: Terça-feira (29) às 19:30.

Disponível até a meia-noite do dia 31/03 

Onde: no Canal Raissa Bessa Ateliê, do Youtube e na página do Instagram @urbexlondrina

----

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo  link