LETRA Folha de Londrina: do pergaminho ao off-set, rumo ao terceiro milênio, cinquenta anos fazendo o seu papel (João Luiz V. Santa Maria) Foi há cinquenta anos atrás Que o pioneiro João Milanez Trouxe a Folha de Londrina ao Paraná E passo a passo sua história assim se fez... Foi chegando de mansinho E abraçado ao Walmor Escreveu essa mensagem-pergaminho Perpetuada na memória do leitor! E hoje, toda orgulhosa Minha ‘‘Garotos’’ tão feliz vai desfilar E cantando esse enredo em verso e prosa O meu jornal vai homenagear... (ouvindo o povo cantar) Eu hoje li no jornal manchete de Carnaval Que a Folha de Londrina vai comemorar Cinquenta anos de ação e de integração (mas que maravilha!) Na coluna do confete: Da redação, cai serpentina! Quero imprimir em off-set Suas memórias, minha imortal Londrina! Tem Jota! Elisiê! Capucho, Arruda, Isnard e Militão! Faça chuva ou faça sol, o jornaleiro traz cultura, esporte, informação... Minha Folha de Londrina De tantas glórias e tradição! Com Estélio eu vou à ‘‘Praça’’ Ler a notícia em primeira mão Folha da Sexta! Caderno2! Meu Classifácil pra anunciar e ler depois... Depois que a minha escola brilhar no Carnaval Sambando na avenida, levantando seu astral, Eu vou ser a notícia, destaque no jornal Na foto do Orozimbo na coluna social!