|
  • Bitcoin 102.814
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Folha 2

m de leitura Atualizado em 24/05/2022, 00:09

Lei municipal fortalece o empreendedorismo nas escolas

Objetivo é a incentivar a cultura empreendedora entre as crianças atendidas pela rede municipal de Educação

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 24 de maio de 2022

Walkiria Vieira - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação - N.Com
menu flutuante

Incentivar  a educação empreendedora com alunos desde as idades iniciais é compromisso nas escolas municipais de Londrina. De acordo com a responsável por Projetos Pedagógicos e Eventos da Secretaria Municipal de Educação, Carla Cordeiro, a proposta é empreender para vida. "Para que tenhamos cidadãos mais  independentes e que tenham as competências validadas para vida pessoal", afirma. 

Em sintonia com o ideal e as práticas da rede municipal, a  Lei Municipal nº 13.321/21 dispõe sobre a inclusão de conceitos de empreendedorismo na rede municipal de ensino. De autoria dos vereadores Eduardo Tominaga e Giovani Mattos,  foi sancionada em dezembro do ano passado. Os conceitos de empreendedorismo, tratados na lei são: desenvolvimento de habilidades, preparação para o mercado de trabalho, construção de competência profissional;  educação financeira; livre iniciativa, sustentabilidade, ética e cooperação;  capacidade de gestão, inovação e cultura organizacional.

Cordeiro explica que neste ano o trabalho se dará por meio da sequência didática que a secretaria organiza com professores dentro do cronograma. "Alinhando todas os conteúdos com o tema proposto, e junto ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) do Paraná,  os comportamentos empreendedores serão trabalhados." A programação inclui o evento Londrina Mais, onde será realizada a feira do empreendedorismo.

Na prática, lições sobre o valor do trabalho

A rede municipal de ensino de Londrina já trabalha com conceitos de empreendedorismo por meio de projetos da própria Secretaria Municipal de Educação, como o Programa Vida. Desenvolvido desde 2019, e por meio do Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), em parceria com o Sebrae é executado desde 2016 com alunos do Ensino Fundamental. 

O objetivo do JEPP é disseminar a cultura empreendedora entre as crianças e os adolescentes, de maneira a estimular os comportamentos empreendedores e favorecer que o público infanto-juvenil tenha a possibilidade de se tornar protagonista em diferentes momentos de tomada de decisão, iniciativa e posicionamento profissional. De acordo com os dados apresentados, 163 mil alunos da rede municipal de ensino de Londrina participaram do projeto, desde a sua implantação.

Um dos vereadores autores da lei, Giovani Mattos, destaca que desde o início de seu mandato tinha o interesse de levar conceitos de educação financeira para as escolas do município. Com isso, uniu as suas ideias com as do vereador Eduardo Tominaga, para o desenvolvimento da lei. “A proposta é inserirmos, nas escolas, os princípios do trabalho, mostrando a  todos os alunos a importância desse aprendizado e que tudo pode ser conquistado por meio do trabalho. Nosso objetivo não é criarmos pequenos empreendedores, mas sim pessoas que valorizam o trabalho”, afirmou.

Sabão feito pelos alunos da Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi com apoio da comunidade Sabão feito pelos alunos da Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi com apoio da comunidade
Sabão feito pelos alunos da Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi com apoio da comunidade |  Foto: divulgacao
 

O valor do café se aprende na escola

Na Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi, o empreendedorismo é vivenciado pelos alunos. De acordo com a coordenadora da unidade,  Louana Secy Rodrigues de Castro, desde os primeiros anos. "As aulas são direcionadas e integradas ao conteúdo que estão estudando e de forma interdisciplinar e com temas específicos para cada turma. Um bom exemplo de empreendedorismo foi a produção de sabão. A comunidade escolar fez a doação de óleo usado para reutilização na confecção de sabão, além de ajudar na confecção. "Proporcionando, assim, parceria com o JEEP, além do estudo dos conteúdos de Ciências", cita.

Do plantio, colheita, torra e uso em receitas, o café é também uma referência de prática empreendedora para os alunos da Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi. ERM cada ano do Ensino Fundamental, desenvolvem uma etapa. "Aprendem que precisa haver planejamento, saber esperar e que tudo tem seu tempo, pois há várias etapas para serem cumpridas e ano a ano vão fazendo uma parte do processo do cultivo do café", explica Castro.  Os pés de café foram plantados no ano de 2013 e vem sendo cuidados pelos alunos, adubando, regando e mantendo limpo desde o plantio.

Do plantio à torra: Em cada ano, alunos aprendem as etapas de produção do café Do plantio à torra: Em cada ano, alunos aprendem as etapas de produção do café
Do plantio à torra: Em cada ano, alunos aprendem as etapas de produção do café |  Foto: divulgacao
 

São objetivos compreendidos por educadores, pais e alunos: conscientizar, preservar e melhorar o ambiente em que vivem com a participação dos alunos e comunidade escolar, realizando atividades que estimulem a iniciação científica, despertando a reflexão de atos que causam benefícios ou prejuízos ao planeta, fazendo interdisciplinaridade com todas as disciplinas: Artes, Ciências, Ensino Religioso, Geografia, História, Língua Portuguesa e Matemática , usando materiais (alguns doados e reaproveitados).

Além disso, promover a sustentabilidade e transformação, considerando os mesmos objetivos incomum com o JEEP que estimulam o comportamento empreendedor: trabalho em equipe, responsabilidade, divisão de tarefas, excelência e dedicação, criatividade, resolução de problemas, parcerias, marketing e sustentabilidade.

A coordenadora reforça que todas as atividades  e etapas são de acordo com a capacidade de desenvolvimento dos alunos. "Apresentamos o empreendedorismo desde o que significa e também ensinamos sobre educação financeira, planejamento, foco e objetivo." Localizada no Jardim Igapó, a Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi atende 180 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. 

Alunos de Londrina rumo a mundial

Somar esforços e conhecimentos nas áreas de engenharia, marketing, design, gerenciamento e captação de patrocínio, entre outras - foi essencial para que os alunos do 2º ano do Ensino Médio  do Colégio Universitário Davi Iranaga, Giovanni Prado, Isadora Miculis, Lia França Marques, Marina Egger, Rafael Obici e  Rayssa Frasson fossem classificados para a etapa internacional do projeto “F1 in Schools”. 

Prêmio nacional aos alunos do 2º ano do Ensino Médio  do Colégio Universitário Prêmio nacional aos alunos do 2º ano do Ensino Médio  do Colégio Universitário
Prêmio nacional aos alunos do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Universitário |  Foto: Walkiria Vieira - Grupo Folha
 

Os estudantes integram a equipe Atlantis e  juntos conquistaram o prêmio de campeão nacional, além de primeiro lugar nas modalidades: apresentação Verbal (em inglês), estande, Engenharia,  Gestão de Projeto,  Marketing , Patrocínio, e Carro mais rápido. O protótipo de 52 gramas, nas cores azul e branco, conquistou o feito em um campeonato online e percorreu uma pista de 20 metros, construída por eles mesmos, em 1,3 segundo.

Paralelamente, criaram e executaram um projeto social que arrecadou 100 livros para incentivar a leitura de alunos da rede pública. Os alunos consideram que a oportunidade foi um exercício e tanto e os tornou mais maduros.

O professor Rodrigo Mendonça dá aulas de Física e reconhece os esforços da turma, "No primeiro momento eu não incentivei, pois é um trabalho de outro mundo. Mas eles me surpreenderam pela dedicação, espírito de liderança e autonomia", observa. 

A expectativa agora é a grande final mundial do “F1 in Schools”, que vai reunir estudantes de 51 países em uma edição do Grande Prêmio da Fórmula 1, em data a ser definida. 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1