|
  • Bitcoin 122.055
  • Dólar 5,1115
  • Euro 5,2150
Londrina

POLÍTICA CULTURAL

m de leitura Atualizado em 22/09/2021, 16:45

Lei Aldir Blanc: PR abre edital para técnicos da cultura

Estado premiará 406 profissionais que atuam nos bastidores das produções artísticas com prêmios individuais de R$ 10 mil

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A Superintendência-Geral da Cultura do Paraná lançou essa semana um edital direcionado a profissionais que atuam como técnicos do setor cultural do estado. Com recursos da Lei Aldir Blanc, serão premiados 406 trabalhadores que receberão prêmios individuais no valor de R$ 10 mil. As inscrições podem feitas até o dia 5 de novembro pelo site da Cultura 

Edital destina-se a pessoas que trabalhem há pelo menos dois anos de forma direta ou indireta na execução de produções culturais Edital destina-se a pessoas que trabalhem há pelo menos dois anos de forma direta ou indireta na execução de produções culturais
Edital destina-se a pessoas que trabalhem há pelo menos dois anos de forma direta ou indireta na execução de produções culturais |  Foto: Divulgação
 

O Edital Prêmio Técnicos e Técnicas da Cultura visa beneficiar  profissionais que atuam nos bastidores das produções culturais e que sofreram fortemente os impactos da suspensão das atividades presenciais devido à pandemia. “Se o artista é a face da cultura, as técnicas e técnicos são o corpo, dando sustentação para que a arte aconteça. O Prêmio Técnicos e Técnicas da Cultura reconhece o valor desses profissionais, tão empenhados em garantir que a arte seja experimentada da melhor forma possível”, afirma a superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira. 

A premiação é destinada a pessoas físicas com mais de 18 anos, que residem no Estado do Paraná há, no mínimo, 2 (dois) anos, atuando direta ou indireta na execução de produções culturais em geral, nas áreas de Áudio e Som; Luz; Maquinaria; Projecionista; Maquiagem; Contra-regra; Cenotécnico; Sonoplasta; Figurinista; Fotografia; Vídeo; Edição; Produção; Roadie; e outras funções. 

Além de uma lista simplificada de documentos, os proponentes devem enviar um vídeo em que o técnico ou técnica narra sua biografia profissional. O vídeo deve ter entre 3 e 10 minutos e estar hospedado no YouTube ou Vimeo. Cada profissional só pode inscrever-se e ser contemplado em uma única área.  

Elaborada pelo Congresso Nacional com a finalidade de atender ao setor cultural do Brasil, maior afetado com as medidas restritivas de isolamento social impostas em razão da pandemia de Covid-19, a Lei Aldir Blanc destinou cerca de R$ 3 bilhões ao setor cultural no ano passado. Em 2021, a lei foi prorrogada, estendendo o prazo para que estados e municípios façam a utilização dos recursos em prol dos trabalhadores da cultura de todo o país.