Marcelo Moreira
Agência Folha
Após um ano recheado de novidades, como foi 1998, o rock pesado brasileiro teve uma escassez preocupante em 1999 em todos os aspectos, desde o número de lançamentos e até a quantidade de shows. Assim, os grandes destaques do ano passado foram duas bandas paulistanas: Symbols e Fates Prophecy.
Seus integrantes não se deixaram contaminar pelo marasmo do mercado heavy brasileiro e correram atrás de shows, patrocínios e estúdios para registrar os novos trabalhos. O Symbols, agora um sexteto, fez um trabalho admirável de divulgação do seu primeiro CD, auto-intitulado, lançamento no fim de 1998. É atualmente a melhor banda de rock pesado brasileira (excetuando-se, é claro, os internacionais Sepultura e Angra), roubando o lugar do excelente Wizards, também de São Paulo, que hibernou em 1999.
Contribuíram para o sucesso do Symbols dois grandes shows realizados, a abertura para o Gamma Ray na casa paulistana Tom Brasil e o show de encerramento do End of the Century Metalfest, também em São Paulo (apesar dos problemas com som e com a produção em geral).
Já o Fates Prophecy consolida cada vez mais seu nome no interior de São Paulo e de Minas Gerais. Já é uma das mais requisitadas bandas da capital paulista e vê seu CD de estréia, ‘‘Into the Mind’’, se tornar um dos principais produtos da gravadora Megahard.
Não bastasse isso, o grupo ainda conseguiu sua inclusão em um tributo norte-americano ao Iron Maiden, que vai reunir gente como Ian Perry (Elegy), Sebastian Bach (ex-Skid Row), Kamelot, Holy Mother e Iron Savior, entre outros. O Fates Prophecy comparece com o hino ‘‘Wasted Years’’. O trio Dr. Sin merece destaque também por colocar, finalmente, seu álbum ao vivo no mercado, ‘‘Alive’’, além do ótimo show de abertura para Glenn Hughes em novembro passado em são Paulo.
O Krisiun, trio gaúcho que é a maior sensação do rock pesado brasileiro no exterior depois de Angra e Sepultura, continua suas turnês intermináveis pelos Estados Unidos e pela Europa. Também são destaque pela perseverança. Angra e Sepultura fizeram ótimos shows em São Paulo em 1999, curiosamente as duas bandas encerrando no mesmo final de semana sua turnês mundiais. Foram de longe os melhores shows de bandas nacionais do ano.
Para 2000, as expectativas são de um ano melhor para as bandas brasileiras. A grande expectativa é pelo segundo CD da banda brasiliense Dark Avenger, destaque de 1998. Quem já ouviu as prévias do CD afirma que será o lançamento do ano no Brasil. Também teremos os novos trabalhos de Angra, Sepultura, Krisiun, Ratos de Porão e Symbols, entre outros.