CINEMA -

Festival de Cannes seleciona filme coproduzido por brasileiros com Scorsese

Dois filmes nacionais aparecem na lista da Quinzena de Realizadores, mostra paralela do Festival de Cannes

Folhapress
Folhapress

 

.
. | Divulgação
 


São Paulo - A Quinzena dos Realizadores, uma das mostras paralelas mais tradicionais do Festival de Cannes, anunciou nesta terça (8) os filmes selecionados para a edição de 2021 do evento. Na lista aparecem dois brasileiros - o produtor Rodrigo Teixeira e a diretora Anita Rocha da Silveira.

O carioca, que está por trás de sucessos como "Me Chame Pelo Seu Nome" e o nacional "A Vida Invisível", que foi premiado no evento francês no ano retrasado, produz "Murina" ao lado do também brasileiro Lourenço Sant'Anna e do cineasta americano Martin Scorsese.

Uma coprodução entre Brasil, Estados Unidos, Eslovênia e Croácia, o longa acompanha uma adolescente que decide substituir o pai, um homem controlador, por um de seus amigos abastados durante uma viagem pelo mar Adriático. A diretora é a croata Antoneta Alamat Kusijanovic.

O Brasil ainda aparece na Quinzena dos Realizadores com o longa "Medusa", dirigido pela carioca Anita Rocha da Silveira, de "Mate-me Por Favor", de 2015. Este é seu primeiro filme em seis anos. Um terror, o título retoma a figura com serpentes no lugar dos cabelos da mitologia grega.

Anunciada na semana passada, a seleção oficial de Cannes, que começa a ser exibida no dia 6 de julho de forma presencial, já havia contemplado Rodrigo Teixeira, com o filme "Bergman Island", da francesa Mia Hansen-Løve.

Já nas sessões especiais, o cearense Karim Aïnouz, diretor de "A Vida Invisível", apareceu com o documentário "O Marinheiro das Montanhas".

Confira a lista completa da Quinzena dos Realizadores de Cannes no site oficial da Mostra

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo