Dia Internacional da Dança tem celebração virtual

A São Paulo Companhia de Dança promove 24 horas de apresentações on-line gratuitas pelo Youutbe nesta quinta-feira (29) e lança vídeo que reúne mais de 800 artistas

Marcos Roman - Grupo Folha
Marcos Roman - Grupo Folha

 

São Paulo Companhia de Dança no balé "Madrugada": programação do Dia Internacional da Dança traz apresentação de artistas de vários países
São Paulo Companhia de Dança no balé "Madrugada": programação do Dia Internacional da Dança traz apresentação de artistas de vários países | Charles Lima/ Divulgação
 

Celebrado nesta quinta-feira (29), o Dia Internacional da Dança será homenageado em eventos virtuais. Com o objetivo de celebrar a força e a resiliência dessa arte, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) convidou bailarinos de todos os cantos do país e do mundo para uma maratona que ocupará o canal do grupo no YouTube) durante as 24 horas. Mais de 800 pessoas de todas as regiões do país e de 15 países como Alemanha, Vietnã, Suíça e Japão se uniram aos bailarinos da capital paulistana. A programação inclui performances da Quasar Cia de Dança, Focus Cia de Dança, Cia de Frevo do Recife, Grupo Primeiro Ato, Grupo Tablado e Cia Alpha Dance, entre outros.  


Todos os vídeos das companhias convidadas foram editados pela equipe da SPCD com uma trilha sonora original de curadoria do compositor André Mehmari. O resultado é um espetáculo de 8 horas de duração que atesta a diversidade e a potência da dança em qualquer vertente, seja ela balé clássico, dança contemporânea, flamenco, dança do ventre, jazz ou danças populares, entre outras. A maratona será transmitida em três exibições que começam à 00h01, às 8h01 e às 16h01 desta quinta-feira (29). A qualquer hora do dia, sempre que acessar o canal da SPCD no YouTube, o público poderá entrar em contato com uma performance diferente. 


Neste mesmo dia, às 18 horas, será também possível conhecer a mais recente criação da São Paulo Companhia de Dança. O espetáculo “Madrugada” é inspirado pelas Valsas de Esquina de Francisco Mignone (1897-1986), compositor paulista que incorporou elementos da cultura popular brasileira à música erudita. Para o balé, as 12 valsas - compostas originalmente para piano entre 1938 e 1943 – ganharam um arranjo orquestral inédito de Rubens Ricciardi que também estreia com a interpretação ao vivo da Orquestra do Theatro São Pedro sob a regência do maestro Cláudio Cruz. 


Na obra, o coreógrafo Antonio Gomes evoca o espírito da época em que as partituras foram escritas para propor um baile atemporal, no qual ingenuidade e nostalgia se encontram com jovialidade e romantismo. Cinco casais se revezam em cena, trazendo para o palco o clima efêmero e singelo das serenatas à luz do luar, ressaltado pelos figurinos de Fábio Namatame e a iluminação de Wagner Freire. 


Os espetáculos ocorrem via Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio de Itaú, apoio de CDF e realização da Associação Pró-Dança/São Paulo Companhia de Dança, Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Secretaria Especial da Cultura (Ministério do Turismo, Governo Federal). 


Serviço: 

Dia Internacional da Dança com a SPCD 

Quando – Quinta-feira (29), exibições à 0h01, 8h01 e 16h01 

Onde - youtube.com/AudiovisualSPCD 

Gratuito 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo