Jackeline Seglin
De Londrina
O cenário da dança brasileira terá um site específico na Internet nos próximos meses. ‘‘Conexão Dança’’ é a página que está sendo montada pela Fundação Cultura Artística de Londrina (Funcart), órgão que gerencia o Ballet de Londrina e sua Escola, com informações sobre companhias, cursos superiores, academias, grupos, publicações, professores, coreógrafos, bailarinos, escolas e eventos de dança de todo o Brasil.
O objetivo é facilitar a divulgação e o intercâmbio entre as pessoas ligadas à dança. ‘‘Queremos criar um eixo e crescer enquanto comunidade cultural’’, comenta o diretor do Ballet de Londrina, Leonardo Ramos.
Desde 1996, a companhia londrinense tem um site próprio na Internet (www.sercomtel.com.br/baletlda) que traz histórico, repertório, ficha técnica, agenda para 2000 (incluindo turnê brasileira), escola e apoios, direção e críticas. ‘‘O Ballet de Londrina foi a primeira companhia do País a ter uma página sobre a área na Internet’’, diz Ramos.
A Funcart acredita que o ‘‘Conexão Dança’’ será um site mais abrangente, útil e com benefícios maiores por causa do intercâmbio e dos dados para consultas. ‘‘A intenção é criar um portal sobre a dança. Todo o universo possível da dança brasileira’’.
Para enviar as informações não há custos. Os interessados devem preencher um formulário, disponível no endereço http://www.funcart.art.br e mandar as informações via e-mail ([email protected]) ou correio (Rua Souza Naves, 2380, Londrina). O site estará ativado, provavelmente, depois do Carnaval.
O formulário pede informações básicas. No caso de escolas, por exemplo, número médio de alunos, bolsas, órgão mantenedor, área de atuação, regularidade do curso, tempo de duração, ano de criação, método específico, número de professores, número de salas de aula disponíveis, etc. A Funcart pede também, em anexo, um histórico com ênfase na metodologia de ensino, realização de montagens, participação em festivais, realização de cursos, oficinas, além de fotos, material impresso e um disquete com a logomarca (se houver) em traços.
‘‘Depois que agilizarmos este site, pretendemos fazer um acordo com o provedor para criar uma sala de bate-papo sobre dança, trazendo ainda anúncios de materiais especializados. Também pretendemos criar um espaço para pontos de vista e informações de críticos’’, finaliza Ramos.