São Paulo A transformação pela qual passou a cineasta e apresentadora Marina Person, 33, desde sua estréia na MTV, em 1995, é quase caso de ''O Médico e o Monstro'': de garota intelectual, séria e de gestos sóbrios, passou a VJ performática de tiradas irônicas.
Os dois lados de Person caminham agora de mãos dadas, na volta do ''Cine MTV'', atração extinta em 1999. Na TV aberta, configura-se como praticamente o único dedicado ao cinema com uma linguagem pop. O ''Cine'' 2003 acompanha nova mudança no direcionamento da programação, que abre novamente espaço para o jornalismo. Em 99, o conceito predominante determinava que clipes, informações e o que mais aparecesse pela frente se fundissem em uma confusa ''salada''.
Segundo a apresentadora, cinema é o segundo assunto predileto do público do canal, atrás de música. ''Vamos usar muito humor. Não faremos apenas a cobertura tradicional das estréias e lançamentos'', diz Person. No programa de hoje, ela apresenta um making of sobre o filme ''Prenda-me Se Puder'', nova produção de Steven Spielberg, com Leonardo DiCaprio e Tom Hanks; uma matéria sobre a ida da banda CPM 22 a uma sessão de ''Nêmesis''; e recebe a participação especial do músico Paulo Miklos, que vai assistir e fazer o programa junto com ela. Na parte engraçadinha do programa, Person mostra ''Lista'', esquete em que faz um ranking com os personagens não-humanos de Spielberg.
A novidade fica para um quadro novo, em que a VJ vai explorar sua verve humorística e fará mímicas para que o telespectador adivinhe o nome de um determinado filme. Nada difícil para quem já protagonizou uma memorável recriação das dancinhas frenéticas de Jennifer Beals em ''Flashdance'' (1983), durante um programa da MTV. ''Já estou preparada para vários ''micos'. Quando entrei na TV, ficava um pouco mais nervosa, concentrada. Hoje, estou mais segura para brincar, tenho investido no meu lado atriz: aqui, terei um figurino especial, a idéia é ser mais palhaça.''
Cine MTV. Estréia hoje, às 20 horas, na MTV