A primeira Escola de Samba a pisar na passarela do samba, na Av. Leste-Oeste, em Londrina, será a escola Garotos Unidos Londrinenses. A escola vai homenagear a Folha de Londrina/Folha do Paraná que vai apresentar o enredo ‘‘Folha de Londrina... Do Pergaminho ao Off-Set... Rumo ao 3º Milênio... 50 Anos Fazendo o Seu Papel’’.
A Garotos Unidos, fundada em dezembro de 1998, vai sair com 350 componentes, distribuídos em oito alas: as tradicionais baianas, bateria (60 pessoas), mestre-sala e porta-bandeira, além das alas que prestarão homenagem póstuma ao fotógrafo Orozimbo Novaes, das Crianças, do Off-Set, do Jornaleiro, do Esporte e do Classifácil.
O samba-enredo é de autoria de João Luiz Santa Maria, que rende homenagens a vários nomes que compõem a redação do jornal, como o fundador João Milanez, Walmor Macarini, Jota Oliveira, Jota (cartunista), a colunista social Elisiê Peixoto, Nelson Capucho, Isnard Cordeiro, Oswaldo Militão, João Arruda e Estélio Feldman. João Milanez será destaque no carro do Bolo dos 50 anos. Outro carro alegórico vai trazer uma escultura de dois metros de altura de Orozimbo Novaes, criada pelo artista plástico Gilberto Savério, escultor da escola de samba carioca Imperatriz Leopoldinense.
Garotos Unidos foi a escola lanterninha no ano passado, e pretende reverter a colocação. ‘‘É muita responsabilidade colocar a Zona Zul na avenida’’, considera Pedro Paulo Scheffer, presidente da agremiação. Ele pretende transformar sua escola na maior da cidade. As fantasias e os carros alegóricos estão praticamente prontos, e pelo ritmo dos ensaios, o samba já conquistou os moradores do Parque Ouro Branco.