Bill Withers, ícone do blues e do soul americano, morre aos 81 anos


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O músico Bill Withers morreu, aos 81 anos, nesta segunda-feira (30), devido a complicações cardíacas, a informação foi anunciada por sua família, em um comunicado enviado à Associated Press.

Withers, que é conhecido como um dos maiores nomes do soul e blues dos Estados Unidos, é o compositor de grandes sucessos mundiais, como "Lovely Day", "Ain't No Sunshine" e "Grandma's Hands".



"Estamos arrasados com a perda de nosso amado e dedicado marido e pai. Um homem solitário com um coração motivado a se conectar ao mundo, com sua poesia e música, falou honestamente com as pessoas e as conectou umas às outras", diz o comunicado. "Como uma vida privada, como ele viveu perto de familiares e amigos íntimos, sua música sempre pertencerá ao mundo. Neste momento difícil, rezamos para que sua música ofereça conforto e entretenimento enquanto os fãs se apegam aos entes queridos."



Withers venceu o Grammy três vezes, nos anos de 1972, 1982 e 1988.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias