Atriz e fundadora do PT, Bete Mendes vai apoiar pré-candidatura de Boulos e Erundina em SP


MARIANA CARNEIRO, GUILHERME SETO E NATHALIA GARCIA
MARIANA CARNEIRO, GUILHERME SETO E NATHALIA GARCIA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Bete Mendes decidiu apoiar a pré-candidatura de Guilherme Boulos e Luiza Erundina (PSOL) à Prefeitura de São Paulo. Ela, que foi uma das fundadoras do PT e deputada federal na década de 1980, vai se juntar a um grupo de históricos militantes do partido que escolheram apoiar a chapa do líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e da deputada federal e ex-prefeita da cidade.

Além dela, André Singer, ex-porta voz do governo Lula, e Celso Amorim, ex-chanceler na mesma gestão, declararam apoio a Boulos e Erundina. Artistas como Caetano Veloso e Chico Buarque, intelectuais e personalidades historicamente ligadas ao PT assinaram um manifesto no mesmo sentido.



Entre os cerca de 200 signatários estão pessoas que, no passado, declararam apoio ao Partido dos Trabalhadores ou participaram de gestões da legenda.

Algumas colaboraram com o governo da ex-petista Erundina (1989-1992), caso da escritora Marilena Chaui, que foi secretária de Cultura, e da urbanista e professora universitária Raquel Rolnik, que coordenou o projeto do Plano Diretor na gestão da ex-prefeita.

O professor universitário Renato Janine Ribeiro, que foi ministro da Educação em 2015, durante o governo Dilma Rousseff (PT), foi outro que endossou a carta.



O grande número de adesões de figuras significativas da esquerda à pré-candidatura de Boulos amplia o isolamento do nome do PT na disputa, Jilmar Tatto, escolhido em prévias do partido.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo