|
  • Bitcoin 119.487
  • Dólar 5,1649
  • Euro 5,2600
Londrina

Folha 2

Atualizado em 24/04/2017, 13:04

Assalto ao Banestado beira à ficção

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 20 de março de 2017


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O assalto ao banco Banestado, que aconteceu em 1987, em Londrina, pode parecer ficção, mas não é. Seria apenas mais um para as estatísticas de roubo a bancos se não fosse dia do pagamento; se não fossem os 300 reféns; se não fosse Moreno, o cabeça dos sete assaltantes, que chocou não pela violência, mas por sua polidez; se não fossem as milhares de pessoas na frente da agência a acompanhar o desfecho como um final de novela, enquanto malotes de dinheiro chegavam pelo Calçadão, assim como comida para alimentar toda essa gente; se não fosse o clima de tragicomédia; se não fossem os assaltantes saindo da agência ovacionados; se não fosse a fuga em um ônibus com 14 reféns levando mais de 30 milhões de cruzados; se não fosse, enfim, dia 10 de dezembro, aniversário de Londrina.
Parece coisa de cinema e, de fato, agora vai ser. O novo filme da produtora Kinopus, dirigido e roteirizado por Rodrigo Grota, é o documentário "Assalto ao Banestado". A ideia de fazê-lo surgiu pela primeira vez quando Grota ouviu a história do jornalista Paulo Ubiratan, falecido em 2010, uma figura de destaque no assalto - ele entrou na agência, negociou a saída de reféns e ficou ele mesmo como refém até o fim. Paulo deu a deixa: "Isso daria um bom filme." O documentário, afirma Grota, também é uma forma de homenagear Ubiratan.
Desde 2012, Grota e a equipe da Kinopus começaram a resgatar essa história, que tem uma série de contradições: "Um otimismo exagerado de eles, amadores, acharem que iam fugir e dar tudo certo... Há também uma espécie de fascínio do povo brasileiro em ver esses momentos em que o sistema entra em colapso", conta Grota. O final dessa epopeia londrinense? Ninguém morreu, 6 dos 7 assaltantes foram presos e 27 milhões de cruzados foram recuperados. O resto desapareceu.
Aprovado pelo Promic em 2015, as filmagens ainda estão acontecendo. "É um longa com orçamento de curta (R$ 45 mil), então é um projeto do coração, em que se faz por prazer", completa ele. O filme tem estreia prevista para 10 de dezembro deste ano, 30 anos após o assalto.

O filme "Assalto ao Banestado", dirigido por Rodrigo Grota, tem estreia prevista para 10 de dezembro deste ano, 30 anos após o acontecimento

O fato aconteceu em 10 de dezembro de 1987, no aniversário de Londrina, e impressionou a cidade pelos desdobramentos

O Programa Folha Cidadania é o desafio social da Folha de Londrina no combate ao analfabetismo funcional