O Figueirense foi a Salvador enfrentar o Vitória no Barradão e venceu por 1 a 0, consolidando sua recuperação no Brasileiro. Everaldo, que saiu do banco no segundo tempo, marcou o único gol da partida, na quarta vitória do Figueira nos últimos cinco jogos.
Ainda sem o técnico Ney Franco, o Rubro-Negro teve maior posse de bola desde o início, mas quem ameaçava era o time catarinense.
No primeiro tempo, o zagueiro Kadu errou duas vezes e contou com boas defesas de Wilson em chutes de Clayton e Marcão. Pelo Leão, Caio e Luís Aguiar tiveram as melhores oportunidades, mas também pararam em Tiago Volpi, e a primeira etapa terminou sem gols.
Com a necessidade da vitória, os times buscaram mais o ataque no segundo tempo. O Leão contou com o retorno de Escudero, que ficou seis meses parado após romper o ligamento do joelho direito, e quase abriu placar aos 6 minutos. O meia completou de primeira cruzamento de Nino Paraíba e obrigou Tiago Volpi a fazer boa defesa.
Mas, na base do contra-ataque, o Figueirense seguia sendo mais perigoso. E, aos 29 minutos, Adriano não teve a mesma sorte que Kadu. O volante errou passe na entrada da área e a bola sobrou para Everaldo, que fez 1 a 0.
Três minutos depois, o Vitória teve a chance de empatar. Leandro Silva pôs a mão na bola dentro da área, e o juiz deu pênalti. Mas Juan bateu para fora, e o Vitória saiu derrotado, afundado na lanterna.


Imagem ilustrativa da imagem VIT. 0X1 FIGUEIRA<br>Derrota em casa afunda o Vitória na lanterna