|
  • Bitcoin 124.925
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 08/07/2022, 13:54

Verstappen supera Leclerc e largará em 1º na corrida sprint do GP da Áustria

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 08 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Pouco depois do primeiro treino livre do Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1, nesta sexta-feira (8), os pilotos voltaram para o Red Bull Ring para definir o grid de largada da sprint race —corrida que definirá a largada oficial da corrida que acontece no domingo (10).

O holandês Max Verstappen, da Red Bull Racing, será o primeiro colocado na sprint. Charles Leclerc, da Ferrari, largará em segundo, e a segunda fila será composta pelo espanhol Carlos Sainz (Ferrari) e pelo mexicano Sergio Pérez (Red Bull).

Os pilotos voltam às atividades neste sábado (9), às 7h (de Brasília), com o treino livre 2, e às 11h30, com a corrida sprint. A corrida oficial está marcada para domingo (10), às 10h.

Q1

Desde o início do Q1, os carros da Red Bull Racing e da Ferrari mostraram que brigariam pela primeira fila da sprint race.

Carlos Sainz, Charles Leclerc, Max Verstappen e Sergio Perez chegaram a liderar a primeira parte.

No entanto, o melhor tempo ficou com Leclerc. O monegasco anotou 1min05s419.

Os eliminados foram: Daniel Ricciardo (McLaren), Lance Stroll (Aston Martin), Guanyu Zhou (Alfa Romeo), Nicholas Latifi (Williams) e Sebastian Vettel (Aston Martin).

Q2

Quem também se colocou em uma disputa pela pole da sprint race foi Lewis Hamilton. A primeira volta do britânico foi de 1min05s475 —o que lhe garantiu a liderança nos primeiros minutos.

Mas nos minutos finais da segunda parte do treino, Leclerc voltou a mostrar a força da Ferrari e cravou o melhor tempo com 1min05s287.

Verstappen também conseguiu um tempo superior ao de Hamilton e terminou o Q2 em segundo.

Os eliminados foram: Lando Norris (McLaren), Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Valtteri Bottas (Alfa Romeo), Alexander Albon (Williams) e Pierre Gasly (AlphaTauri).

A última volta de Sergio Perez, na qual ele conseguiu o tempo para avançar ao Q3, será investigada pela FIA após o treino. Imagens mostram que ele passou dos limites da pista.

Durante o treino vários pilotos tiveram tempos cancelados por fazerem isso, mas não foi o caso do mexicano —o que prejudicou Pierre Gasly.

Q3

Como no primeiro treino do dia, Verstappen conseguiu ser o mais rápido no Q3 logo nas primeiras voltas e cravou 1min05s062.

A última parte do treino foi paralisada porque Lewis Hamilton bateu sozinho e uma bandeira vermelha obrigou todos os carros a irem para o boxes.

Minutos depois, George Russell —companheiro de equipe de Lewis— também bateu e não seguiu no classificatório.