Veja principais eventos esportivos afetados pelo coronavírus no mundo


Folhapress
Folhapress

O surto mundial de coronavírus tem afetado diretamente o esporte às vésperas do seu principal evento do ano, a Olimpíada de Tóquio.

Com a cerimônia de abertura marcada para o dia 24 de julho, os Jogos por enquanto não correm risco de serem alterados ou cancelados, de acordo com o Comitê Olímpico Internacional.

Etapas classificatórias e eventos-testes, no entanto, já tiveram que ser cancelados ou adiados. O treinamento de voluntários para o evento também sofreu alteração em seu cronograma.



Epicentro do surto mundial, a China teve adiado o GP de Xangai da F-1. A maratona de Tóquio foi disputada sem a presença de público e atletas amadores.

Na Europa, o principal foco da epidemia é a Itália, que determinou que até o início de abril todos os eventos esportivos deverão ser realizados sem torcedores,  para evitar a aglomeração de pessoas, que pode aumentar o índice de transmissão do vírus.

A epidemia também fechou os portões de três jogos do Champions League: PSG x Dormund, Valencia x Atalanta e Juventus x Lyon.

Nos Estados Unidos, o Masters 1000 de Indian Wells, um dos principais torneios do circuito de tênis e que acontece na Califórnia, foi cancelado.

Veja os principais eventos do mundo esportivo que de alguma forma já foram afetados pela epidemia.

*

CANCELADOS

Tênis

- Um dos principais torneios do circuito, o Masters 1000 de Indian Wells, disputado na Califórnia (EUA), foi cancelado.

Atletismo

- A maratona de Hong Kong, que deveria ocorrer em 9 de fevereiro, foi cancelada. O mesmo aconteceu com a maratona de Pyongyang;

- A maratona de Tóquio cancelou a participação dos amadores.

Judô

- O Grand Slam de Ekaterimburgo (Rússia), um dos principais eventos antes da Olimpíada e que daria pontos importantes no ranking, foi cancelado pela Federação Internacional de Judô.

Natação

- A etapa de Ligano, na Itália, da World Series de natação paraolímpica, marcada para acontecer entre o fim de fevereiro e o começo de março, foi cancelada.

Ciclismo

- A volta de Abu Dhabi foi encerrada faltando duas etapas para o seu fim. Os ciclistas e suas equipes passaram por quarentena em hotéis.

Hóquei

- O Mundial feminino de hóquei no gelo, marcado para o Canadá de 31 de março a 10 de abril, foi cancelado.

Lutas

- A Federação Internacional de Judô cancelou o Grand Prix de Marrocos, marcado para o início de março;

- O pré-olímpico asiático da luta olímpica, que aconteceria no Quirguistão ao final de março, foi cancelado. Ainda não foi informado o novo formato para se conseguir a vaga no evento.

ADIADOS OU SUSPENSOS

Futebol

- A Associação Chinesa de Futebol (AFC) disse que os jogos domésticos em todos os níveis serão adiados sem tempo determinado;

- O governo da Itália decretou na segunda (9) a suspensão de todas as atividades esportivas no país até, pelo menos, o dia 3 de abril. Com isso, o Campeonato Italiano, que teve todos os jogos da última rodada realizados com portões fechados, foi interrompido;

- As partidas da Liga dos Campeões da Ásia envolvendo os clubes chineses Guangzhou Evergrande, Shanghai Shenhua e Shanghai SIPG foram adiadas. Os clubes de Guangzhou (Cantão) e Xangai vão participar da competição em abril, com os jogos de grupo a serem disputados em maio;

- As eliminatórias asiáticas para a Copa do Qatar, em 2022, marcadas para o fim de maio e para o início de junho, foram adiadas;

- A seleção feminina chinesa jogará a partida final da qualificatória olímpica contra a Coreia do Sul, em Sydney, em março;

- A liga de futebol profissional da Coreia do Sul adiou o início de sua nova temporada e pediu às quatro equipes da Liga dos Campeões da AFC que realizassem jogos a portas fechadas;

- A J League do Japão adiou sete partidas da Copa Levain, programadas para 26 de fevereiro e todos os jogos nacionais até a primeira quinzena de março

Atletismo;

- A Maratona de Paris foi adiada de 5 de abril para 18 de outubro, e a de Barcelona, do dia 15 de março para 25 de outubro.

Atletismo

- O Campeonato Mundial de Atletismo Indoor, programado para Nanjing de 13 a 15 de março, foi adiado para 2021. A World Athletics está trabalhando com os organizadores em uma data para sediar o evento bienal.

Skate

- A temporada do skate, que está na sua reta final para decidir os classificados para a Olimpíada, teve que ser reorganizada. A entidade disse que a etapa de Nanjing, por exemplo, marcada para abril, está suspensa. Já o continental asiático de street foi reagendado e acontecerá em Singapura, no final de março.

Automobilismo

- O Grande Prêmio da China em Xangai, marcado para 19 de abril, foi adiado pela FIA e pela F-1. As autoridades estudam datas alternativas para que a corrida aconteça ainda neste ano.

Rúgbi

- A União Irlandesa de Rugby adiou o jogo das Six Nations contra a Itália. O jogo estava marcado para acontecer em 7 de março, em Dublin, capital da Irlanda.

Natação

- Tanto o pré-olímpico quanto o Campeonato Chinês de natação foram adiados. Antes marcados para acontecer entre os dias 28 de março e 4 de abril, estão previstos agora para acontecerem entre 10 e 16 de maio.

Tênis

- A Federação Internacional de Tênis transferiu o Grupo I da Oceania da Fed Cup Asia, com China, Taiwan, Indonésia, Coréia do Sul e Uzbequistão, da cidade chinesa de Dongguan para Nur-Sultan (anteriormente Astana) no Cazaquistão. Mas o evento de 4 a 8 de fevereiro foi adiado depois que o Cazaquistão se recusou a servir como anfitrião substituto.

Tênis de Mesa

- O campeonato mundial a ser realizado em Busan, na Coreia do Sul, de 22 a 29 de março, foi adiado provisoriamente para 21 a 28 de junho.

Patinação de Velocidade no Gelo

- A ISU (International Skating Union) adiou indefinidamente o campeonato mundial de patinação de velocidade em pista curta que aconteceria em março na Coreia do Sul. O órgão governamental disse que o evento de 13 a 15 de março em Seul não pode ser realizado nas datas planejadas e que o "desenvolvimento mundial incerto" do novo coronavírus e das questões logísticas tornou difícil anunciar novas datas.

Boxe

- O Comitê Olímpico Internacional anunciou a Jordânia como anfitriã das eliminatórias de boxe para Ásia e Oceania após o cancelamento de um evento em Wuhan. As eliminatórias devem acontecer em Amã, capital da Jordânia, de 3 a 11 de março.

AFETADOS

Futebol

- A Champions League tem, até agora, três partidas que acontecerão sem torcida. PSG e Borussia Dotmund, na próxima quarta (11) na França; Valencia e Atalanta, nesta terça (10) na Espanha; e Juventus e Lyon, na Itália, no próximo dia 17;

- Na Inglaterra, a Premier League determinou que os apertos de mãos entre jogadores e árbitros antes do início das partidas sejam substituídos por um cumprimento de toque de antebraços. Depois, a Uefa estendeu a medida para toda a Europa;

- A China disputará a eliminatória da Copa do Mundo de 2022 contra as Maldivas em Buriram, na Tailândia. O jogo será disputado sem torcidas, conforme solicitado pelo governo tailandês;

- Todas as partidas do Campeonato Iraniano de futebol e de futebol de salão acontecerão sem torcida até segunda ordem.

Olimpíada

- O treinamento de voluntários para os Jogos de Tóquio foi atrasado, ainda sem data definida. Cerca de 80 mil voluntários são esperados para trabalhar no evento. No dia 26 de fevereiro, o comitê organizador reafirmou que a Olimpíada não será cancelada;

- Pela primeira vez em mais de 35 anos, a cerimônia de acendimento da tocha olímpica, que acontece na Grécia, não terá público. Os organizadores também diminuíram o tamanho geral do revezamento até os Jogos.

Automobilismo

- O Grande Prêmio do Bahrein de F-1 será disputado sem público, no dia 22 de março.

Tênis

- A China perdeu o confronto na Copa Davis porque sua equipe masculina não pôde viajar para a Romênia nos playoffs de 6 a 7 de março.

Ginástica

- O Mundial de Doha, no Qatar, permanecerá entre 18 e 21 de março, mas não terá público.

Taekwondo

- O pré-olímpico asiático, que seria disputado na China nos dias 10 e 11 de abril, foi transferido para a Jordânia.

Beisebol

- As equipes profissionais de beisebol do Japão realizarão jogos sem espectadores até 15 de março pela preocupação com a epidemia de coronavírus.

Triatlo

- Um evento de qualificação para o triatlo olímpico de revezamento misto, programado para ser realizado na cidade chinesa de Chengdu, em maio, foi transferido para Valência, na Espanha, devido à epidemia de coronavírus, informou a ITU (União Internacional do Triatlo).

Pentatlo moderno



- O Campeonato Mundial de pentatlo moderno atravessou o mundo. A competição deixou a China e deve acontecer em Cancún, no México. A União Internacional da modalidade afirmou que o país asiático ganhou o direito de receber o torneio em 2022.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo