|
  • Bitcoin 144.427
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 27/04/2022, 23:42

Vasco supera Ponte Preta, vence primeira na Série B e põe fim a jejum de 11 jogos

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 27 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco superou a grande pressão após três empates consecutivos, bateu a Ponte Preta por 1 a 0 em São Januário, nesta quarta-feira (27) com gol de Raniel, e pôs fim a um jejum que já durava 11 partidas sem vencer na Série B. Tal sequência começou ainda no ano passado, quando o time cruzmaltino frustrou seus torcedores e não obteve o acesso com uma campanha ruim.

Com o resultado, o clube cruzmaltino pulou para a oitava posição com seis pontos, a apenas um do G4. Já time paulista se manteve com quatro pontos e perdeu três colocações, caindo para o 14º lugar.

Na próxima rodada o Vasco visita o Tombense em Muriaé (MG), no domingo (1º), e a Ponte Preta recebe o Brusque, no dia anterior (30), em Campinas (SP).

Com o gol marcado nesta terça, Raniel chegou a nove na temporada e igualou sua melhor marca da carreira, em 2018, pelo Cruzeiro.

No primeiro tempo o Vasco foi bem, explorando a velocidade dos jovens jogadores que o técnico Zé Ricardo apostou. Foram criadas oportunidades e a equipe chegou ao gol merecidamente. Na etapa final, porém, o time cruzmaltino recuou excessivamente, chamando a Ponte Preta para seu campo de jogo, tornando a partida perigosa.

A equipe do técnico Hélio dos Anjos não soube aproveitar suas oportunidades no segundo tempo, principalmente nas bolas paradas, que foram muitas. Dava para ter sido mais efetivo.

O atacante Erick, que seria titular na partida, sentiu o adutor da coxa direita durante o aquecimento no gramado de São Januário e foi vetado, dando lugar a Figueiredo. Ele será reavaliado nesta quinta-feira (28).

O goleiro Thiago Rodrigues se queixou de dores no joelho direito após o treino da última terça-feira (27) e fez tratamento intensivo, entretanto não conseguiu se recuperar a tempo para o jogo de hoje. Ele foi substituído por Alexsander.

Vale ressaltar que o goleiro Halls segue processo de recondicionamento e já está treinando com o grupo. A expectativa é que retorne ao jogo de domingo (1º) contra o Tombense.

Um torcedor foi identificado e retirado da arquibancada de São Januário pela Polícia Militar após atirar uma lata no gramado. Ele foi levado ao Jecrim do estádio e autuado.

VASCO

Alexsander, Gabriel Dias (Weverton), Quintero, Anderson Conceição e Riquelme (Edimar); Yuri, Andrey Santos e Nenê (Palacios); Gabriel Pec, Figueiredo (Vinícius) e Raniel (Getúlio). T.: Zé Ricardo.

PONTE PRETA

Caíque França; Norberto, Thiago Oliveira, Fábio Sanches e Artur; Felipe Amaral (Wallison), Léo Naldi (Pedro Júnior) e Ramon; Danilo Gomes, Echaporã (Gabriel Venâncio) e Lucca. T.: Hélio dos Anjos.

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Rodolpho Toski Maques (Fifa/PR)

Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Nenê, Anderson Conceição, Riquelme (VAS); Felipe Amaral, Léo Naldi, Wallisson (PON)

Gols: Raniel (VAS), aos 30'/1ºT.