|
  • Bitcoin 144.911
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 07/04/2022, 16:40

Vasco estreia na série B do Brasileiro com movimentação no elenco

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 07 de abril de 2022

BRUNO BRAZ
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco faz sua estreia na Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira (8), em jogo contra o Vila Nova, em São Januário, no Rio de Janeiro, a partir das 19h (de Brasília). A preparação do clube cruz-maltino para a partida foi marcada por um imbróglio com a CBF e movimentações para trazer reforços ao elenco.

Após ser "destravado" pela CBF com a suspensão do transfer ban, o Vasco anunciou, nesta quarta-feira (6), os quatro reforços que já haviam sido contratados, mas que ainda não podiam ser registrados. Destes, três tiveram o aval da 777 Partners, empresa norte-americana que possui transações avançadas para gerir a possível SAF cruz-maltina. E o perfil deles evidenciam uma característica: a juventude e o potencial de crescimento.

Carlos Palácios, de 21 anos, foi o que demandou maior investimento. O Vasco comprou 70% dos direitos econômicos do meia-atacante chileno junto ao Internacional. Visto como uma promessa do futebol do Chile e com passagens pela seleção de seu país, ele é uma aposta a longo prazo do Cruz-Maltino, que assinou contrato até 2025 com o jogador.

"Foi uma oportunidade de mercado que surgiu para o Vasco. O clube consultou a parceira 777, que entendeu que poderia fazer um contrato de três anos por ser um jogador jovem e com capacidade de evolução", destacou o técnico Zé Ricardo

"É importante esse tipo de contratação porque você começa aquilo que é o ideal. Tivemos 23 saídas no ano passado. A partir do momento em que o Vasco começa a se preocupar com o futuro, acho que começa a trilhar o caminho certo. Todas as grandes equipes do futebol brasileiro têm 80% do elenco já montados, e a partir de uma ou duas contratações pontuais continuam tendo aquela força", acrescentou.

Outros que receberam o "ok" da 777 Partners foram os atacantes Erick, de 25 anos, artilheiro do Campeonato Gaúcho pelo Ypiranga, e Zé Vitor, de 23 anos, vice-artilheiro do Campeonato Catarinense pelo Marcílio Dias.

"Zé Vitor, Erick e Palacios são jogadores quer tiveram grandes momentos. Eric e Zé mais atuais, foram artilheiros e principais destaques dos campeonatos Gaúcho e Catarinense", disse Zé Ricardo. "Acho que, no futebol, a gente não pode cravar nada. Jogadores experientes, às vezes, não conseguem render em grandes clubes. Com os jovens tem que ter cuidado para não criar muita expectativa, mas de uma forma geral, pelas credenciais deles, o Vasco acertou nas contratações", completou.

O quarto reforço anunciado foi Gabriel Dias, de 27 anos, ex-Cruzeiro e jogador que conta com a confiança de Zé Ricardo, com quem trabalhou no Fortaleza, clube onde viveu um de seus melhores momentos. Segundo o treinador, pesa a favor do atleta o fato de ser polivalente.

"Gabriel Dias eu conheci na minha passagem pelo Fortaleza e já tinha enfrentado ele na base, quando ele era do Palmeiras e eu era o técnico do Flamengo. Tem versatilidade, pode atuar em três posições, como lateral-direito, zagueiro, que é a posição de origem, e primeiro volante. Isso é importante num campeonato tão duro como a Série B", avaliou.

Antes do quarteto e da punição da CBF, o Vasco já havia anunciado o jovem atacante Lucas Oliveira, que se destacou no Campeonato Carioca pelo Bangu. Ele tem 21 anos e é outro em progresso na carreira.

Para a partida de estreia no Brasileiro, uma provável escalação básica do Vasco tem: Thiago Rodrigues, Weverton, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Juninho (Luiz Henrique) e Nenê; Gabriel Pec, Raniel e Figueiredo.

O Vila Nova, por sua vez, deve ter o lateral-direito Alex Silva e o volante Rafinha como novidades na equipe titular. Uma provável escalação do técnico Higo Magalhães tem: Georgemy; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Rafinha, Pablo Roberto e Arthur Rezende. Matheuzinho, Pablo Dyego e Victor Andrade.

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: Às 19h (de Brasília) desta sexta-feira (8)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)

Transmissão: Premiere