Rio, 03 (AE) - A animosidade entre os atacantes Romário e Edmundo tem preocupado a comissão técnica do Vasco, em especial o técnico Antônio Lopes, que pretende escalar a dupla na estréia do time no 1.º Campeonato Mundial de Clubes, quinta-feira, contra o South Melbourne, no Maracanã. Romário e Edmundo, ex-amigos, estavam estremecidos desde 1998, quando Romário mandou fazer uma caricatura de Edmundo num banheiro de seu bar, o Café do Gol.
A partir de então, os dois pararam de conversar e Edmundo chegou a referir-se publicamente a Romário como "uma pessoa de personalidade fraca". A contratação de Romário foi motivada também por uma suposta aproximação dos dois. No recente episódio da prisão de Edmundo, condenado por ter provocado um acidente de carro no qual morreram três pessoas, Romário mostrou-se solidário e telefonou para Edmundo.
Num jogo do Flamengo, logo após a prisão de Edmundo, Romário marcou um gol e mostrou ao público uma camisa em que transmitia mensagem ao colega. A homenagem foi retribuída com gesto idêntico por Edmundo. No entanto, após a chegada de Romário ao Vasco, os dois passaram a não se falar novamente, o que motivou uma repreensão do vice-presidente de Futebol do Vasco, Eurico Miranda, a Edmundo, e quase resultou em seu afastamento.
O assunto vem sendo abafado pelo clube e o próprio Lopes recusa-se a comentar o caso. O treinador estava mais aliviado hoje com a recuperação de Edmundo, contundido. O jogador deve ser aproveitado por 15 minutos no jogo-treino do Vasco, programado esta noite, com a seleção da Argélia. O meio-de-campo Pedrinho foi submetido a um teste físico hoje e voltou a sentir dores na coxa direita. No entanto, a comissão técnica do clube decidiu manter a inscrição do jogador no Mundial.
Para Lopes, Pedrinho precisa de apoio psicológico para poder voltar logo à equipe. Ele está há 15 meses sem condições de jogo. Os médicos do clube acreditam que Pedrinho poderá disputar normalmente o Torneio Rio-São Paulo.
O zagueiro Alexandre Torres chegou hoje cedo do Japão e apresentou-se ao Vasco, demonstrando confiança em obter uma vaga de titular no time.
"Sei que vou ter de disputar a posição com jogadores consagrados, como Mauro Galvão, Júnior Baiano e Odvan, mas não tenho medo", afirmou.
Torres, filho do ex-campeão do mundo Carlos Alberto Torres, assinou contrato por dois anos com o clube. O zagueiro Alex, com lesão muscular, foi cortado da equipe e seu lugar no campeonato será ocupado por Valquimar. Torcedores do Vasco reclamavam hoje de que não estavam conseguindo ingressos para os jogos do clube. Os locais anunciados para a venda dos bilhetes não haviam recebido as entradas até a tarde de hoje.