São Paulo, 7 (AE) - Apesar de estarem esgotados nas bilheterias desde a tarde de ontem, ingressos de arquibancada para a partida desta noite entre Corinthians e Real Madri, pela segunda rodada do Mundial de Clubes da Fifa, podem ser encontrados facilmente nas mãos de cambistas, nas imediações do estádio. O preço, claro, inflacionado, e muito. Ingressos de RS 10,00 custam R$ 25. Os de R$ 15, pulam para R$ 35. São mais de 50 cambistas vendendo ingressos livremente, sem serem inportunados pela polícia. "Tenho para todos os gostos, arquibancadas laterais laranja e amarela, cadeiras superior e inferior", disse o cambista Paulo Joaquim da Silva, de 33 anos, satisfeito com o movimento. "Isso aqui tá bom demais", acrescentou.
Ao ser perguntado sobre como conseguiu os ingressos de arquibancada, que já não existem mais nas bilheterias, Silva desconversa. Diz que todos os cambistas pegam ingressos da mão da mesma pessoa, mas que ninguém vai revelar quem é. O segundo o sub-tenente do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar, Genésio Firmino, diz que o combate à atividade é praticamente impossível. "É necessário a vítima dar queixa a qualquer policial e indicar quem lhe vendeu o ingresso. Em seguida, o denunciante tem de ir até a delegacia para fazer o boletim de ocorrência, numa situação que raramente acontece. O torcedor prefere não perder seu tempo com isso, temendo não ver o jogo", disse.
A fila para a compra de ingressos é grande e a espera já chega a 1 hora. Ainda há ingressos para cadeiras superiores - amarela e laranja - e cadeiras superiores - azuis e vermelhas. Apesar da grande movimentação de cambistas e torcedores, nenhum incidente grave foi registrado até agora pela PM.