|
  • Bitcoin 151.516
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2708
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 28/03/2022, 18:58

Ucraniano campeão mundial de kickboxing morre na guerra

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 28 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Neste domingo (27), a invasão da Rússia à Ucrânia completou um mês e o número de mortos em combate segue aumentando. Maksym Kagal, campeão mundial de kickboxing, de 30 anos, foi outra vítima ligada ao esporte e morreu em combate na última sexta-feira (25), conforme Oleh Skyrta, técnico do atleta, confirmou.

Kagal lutou em Mariupol, cidade que sofreu ataques pesados da Rússia. O campeão mundial integrava o controverso grupo Azov, força paramilitar de extrema-direita e que constantemente é acusado de promover o neo-nazismo.

"Infelizmente, no último dia 25 de março, Maksym "Piston" Kagal foi morto enquanto defendia a cidade de Mariupol com uma unidade do batalhão Azov. (Kagal) Foi o primeiro campeão mundial de kickboxing da gloriosa cidade de Kremenchug, o primeiro campeão mundial adulto da equipe da Ucrânia, além de uma pessoa honesta e decente. Descanse em paz, irmão, nós vamos vingar você", escreveu o treinador Oleh Skyrta.

Defendendo a equipe ucraniana, Kagal foi campeão mundial em 2020 e em 2014 em eventos organizados pela ISKA, International Sport Karate Association.