Torcida do Inter protesta antes de jogo com Fluminense, mas erra horário do treino


PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Torcedores do Internacional realizaram protesto neste sábado (21), véspera do jogo do time gaúcho contra o Fluminense, no Beira-Rio. Aficionados munidos de instrumentos, faixas e sinalizadores, se postaram contra as atuações do time e as ações da direção. No entanto, como o trabalho está marcado para a tarde, não tiveram contato com profissionais do clube.

Os gritos cobravam dos atletas, do comando e principalmente dos dirigentes. O presidente Marcelo Medeiros foi um dos alvos prediletos dos torcedores.



Nas redes sociais há registros de grupos de torcedores tanto no Beira-Rio quanto no CT Parque Gigante. Porém, em nenhum dos locais havia atividade prevista para a manhã de deste sábado, o treinamento está marcado para as 16h30 (de Brasília).

Os torcedores já tinham protestado na volta da delegação a Porto Alegre após a eliminação na Copa do Brasil, para o América-MG. Mas agora, com número maior de participantes, a ação foi mais forte.

Uma das faixas utilizadas pelos torcedores dizia: "Salário em dia, futebol atrasado". É possível que eles realizem novo protesto à tarde.



O clube colorado encara o Fluminense neste domingo (22), pela 22ª rodada do Brasileiro. Na próxima quarta (25), começa a disputar vaga nas quartas de final da Libertadores com o Boca Juniors.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo