Torcida do Corinthians arrecada e entrega doações nas ruas de São Paulo


TUANE FERNANDES
TUANE FERNANDES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na pandemia que escancarou ainda mais a desigualdade social no Brasil, muitos grupos têm aproveitado o poder da mobilização coletiva para ajudar a aliviar a realidade de pessoas que hoje estão sem trabalhar, frequentemente passando fome ou sem acesso a itens de higiene e proteção.

Entre esses grupos estão as torcidas organizadas dos principais clubes da capital paulista, por exemplo a Gaviões da Fiel. Em levantamento interno, a diretoria da torcida corintiana contabilizou 18 mortes de associados nos últimos 45 dias, 12 por complicações causadas pelo coronavírus.



Com a ajuda de voluntários filiados, além da colaboração de empresas e ONGs, seus integrantes passaram a entregar doações na região central de São Paulo.

"Colocamos diariamente informativos nas redes sociais para que as pessoas fiquem em casa, usem mascaras, álcool em gel e lavem bem as mãos'", afirma Cleber Sobrinho, diretor do departamento social da torcida.

Segundo ele, a ação já arrecadou mais de 1.000 máscaras descartáveis, alimentos e produtos de limpeza e higiene, que permitiram a montagem de mais de 500 cestas básicas, além de 800 garrafas d'água para distribuição junto com as cerca de 1.000 marmitas por semana.

Roupas e cobertores também fazem parte dos itens que são entregues a pessoas em situação de rua ou que vivem em ocupações de moradia e favelas.

As doações são feitas semanalmente, todos os sábados, e, de acordo com Sobrinho, sempre respeitando as recomendações sanitárias da Organização Mundial da Saúde.



Quem quiser oferecer ou solicitar ajuda à torcida pode entrar em contato pela página do Facebook Social Gaviões.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo