|
  • Bitcoin 105.123
  • Dólar 5,2028
  • Euro 5,4369
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 18/05/2022, 20:20

Torcedor dado como morto em Querétaro pede permissão para ir ao estádio

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 18 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Meses se passaram desde o confronto entre torcedores do Querétaro e do Atlas no México, mas as consequências do que aconteceu permanecem. Apesar disso, Esteban Hernández Martínez, que foi dado como morto nas mídias sociais, está pedindo permissão para voltar ao estádio para ver a semifinal da Liga MX, contra o Tigres.

Martínez, torcedor do Atlas, foi visto em alguns vídeos compartilhados sobre o confronto ensanguentado e inconsciente. Como a mídia local havia divulgado que 15 pessoas perderam a vida com a briga, ele logo foi colocado entre as vítimas.

Pouco após isso, as notícias já mencionavam que Razor, como é conhecido na torcida, estava realmente vivo, embora em estado grave. Ele ficou em coma em decorrência das lesões, que deixaram sequelas.

"Não me lembro de nada. Lembro que entramos no estádio e pronto, nem os gritos nem a dor. Só pelas fotos que vi. Tudo o que aconteceu me dá vontade de chorar. Estas semanas foram muito difíceis, não estou trabalhando. Faltam duas semanas de terapia. Preciso melhorar o equilíbrio e a fala", disse ao programa mexicano 'Imagen Noticias'.

Mesmo após toda essa situação há algo que permanece intacto: seu amor por Atlas. Enquanto ainda está em recuperação, Esteban comentou sobre seu desejo de voltar a campo. "Não nego as minhas cores, as carrego no coração, ainda as trago aqui. Não me arrependo depois do que aconteceu", revelou.

No entanto, por conta de toda a confusão, ele está entre os torcedores que foram banidos das arquibancadas. Dessa forma, Martínez gostaria de apoio do Atlas para poder voltar a ver seu clube ao vivo. "O clube não me apoia, nem se lembra de mim. Que a diretoria me convide para o estádio, sem o ID de fã ou a credencial que não consigo entrar".