Agência Estado
De Miami, EUA
Tony Kanaan, da equipe Mo Nunn, foi a surpresa do primeiro treino da Fórmula Indy, em Homestead, ficando com o melhor tempo do dia. Christian Fittipaldi, da Newman-Haas, foi o segundo e Patrick Carpentier, da Player’s, o terceiro. Juan Pablo Montoya, da Chip Ganassi, campeão de 99, foi apenas o nono. Os motores Ford ficaram com seis das oito primeiras posições. Hoje, no treino oficial para o grid de largada, a partir das 15h30 (de Brasília) os tempos devem baixar bem. A abertura do campeonato da Indy, amanhã, começa às 16 horas (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SBT e Direct TV (canal 363).
‘‘Estou muito mas ninguém deve ficar muito excitado. No treino de classificação a disputa será difícil’’, disse Tony.
Para Christian, o bom rendimento dos motores Ford XF ‘‘significa que teremos chances melhores’’. O piloto ainda lembrou que outras equipes também correm com Lola, facilitando as comparações. ‘‘No ano passado, nenhuma equipe boa utilizava os Swift. Agora podemos usar os carros da Chip Ganassi como referência’’.
Os tempos obtidos ontem pelos pilotos estão longe do recorde de pole de Homestead que pertence a Greg Moore, estabelecido em 1998, com 24s856. A causa principal é o novo aerofólio MK II, desenvolvido para aumentar o arrasto dos carros nos ovais, proporcionando tomadas mais seguras.
Outros brasileiros: 10º, Maurício Gugelmin, Pacwest; 12º, Gil de Ferran, Penske; 15º, Roberto Moreno, Patrick; e 20º, Cristiano da Matta, PPI Motorsports.
Barber Dodge – O piloto curitibano Nilton Rossoni defende hoje, no circuito oval de Homestead, em Miami, a liderança do Campeonato da Barber Dodge, que tem a segunda etapa e faz parte dos festejos da Fórmula Indy, que começa neste mesmo circuito amanhã. Rossoni venceu a prova de abertura, no sábado passado, em Sebring, e lidera o campeonato com 20 pontos, seguido canadense Michael Valiante, 17, e do americano Jon Fogarty, 14. Outros dois brasileiros estarão em ação: o cascavelense Alexandre Sperafico e o carioca André Nicastro.