|
  • Bitcoin 107.099
  • Dólar 5,2680
  • Euro 5,5346
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 17:55

Tenista ucraniano se junta ao exército e posta foto com fuzil

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em meio à invasão russa à Ucrânia, o tenista ucraniano Sergiy Stakhovsky trocou as raquetes pelo fuzil. O atleta, que chegou a ser o número 31 do mundo no ranking da ATP, se juntou às Forças Armadas de seu país, e nesta quinta-feira (3) postou uma foto em que aparece com uniforme militar e colete à prova de bolas e segura um fuzil.

"Nunca na minha vida, eu esperaria vestir um colete à prova de bala em Kiev [capital da Ucrânia]. É um desastre o jeito que a Rússia invadiu a Ucrânia, bombardeando cidades, matando gente inocente. O mundo precisa se unir para pará-la, para colocar [Vladimir] Putin em seu lugar. Na prisão", escreveu Stakhovsky em inglês na legenda da foto.

Em outra publicação, ele fala sobre a "violência imposta pelas tropas russas" e diz que os ucranianos não vão se render.

"Experimentar toda essa violência que nos é imposta pelas tropas russas e pelo regime de Putin... Ver lágrimas nos olhos das pessoas que estão passando ao seu lado e se sentem inseguras sobre seu futuro me leva apenas a uma conclusão: Temos que prevalecer. Não devemos nos render".

Stakhovsky anunciou nesta semana que deixou a mulher e seus três filhos na Hungria para se juntar às Forças Militares da Ucrânia.