Tenista americano testa positivo para Covid-19 e foge da Rússia em jatinho


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O tenista Sam Querrey, número 49 do ranking da ATP, quebrou um protocolo após testar positivo para Covid-19. O americano usou um jatinho particular para "fugir" da Rússia, onde ele disputaria o ATP 500 de São Petersburgo. A informação foi publicada pelo jornalista Ben Rothenberg, do New York Times.

Acontece que a determinação local é que todos que sejam diagnosticados com coronavírus fiquem 15 dias hospitalizados no país. Querrey estava com a esposa e o filho de oito meses de idade. Todos testaram positivo para Covid-19. Até o momento, o paradeiro do tenista não foi revelado.



A ATP (Associação de Tenistas Profissionais) emitiu uma nota oficial sobre o assunto.

"A ATP está ciente de um incidente envolvendo um jogador que cometeu uma violação grave do protocolo de Covid-19 no torneio de São Petersburgo. A adesão aos protocolos de segurança é fundamental para garantir que os eventos ocorram com segurança e dentro das diretrizes estabelecidas pelas autoridades locais", diz a nota.



"Os jogadores e os membros de sua equipe de apoio são lembrados de que violações de protocolo podem prejudicar a capacidade de operação de um evento e ter repercussões no restante do circuito. De acordo com o código de conduta da ATP, estamos levando esse assunto muito a sério, pois uma investigação está em andamento", acrescenta.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo