|
  • Bitcoin 103.092
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 05/06/2022, 12:17

Técnico Zé Ricardo pede demissão e deixa o Vasco rumo ao futebol japonês

PUBLICAÇÃO
domingo, 05 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Zé Ricardo não é mais técnico do Vasco da Gama. O clube anunciou que o treinador "solicitou o desligamento na manhã deste domingo [5]", após 25 partidas em seis meses no comando da equipe. Também deixam o clube o auxiliar Cléber dos Santos e o preparador físico Fábio Eiras.

O treinador solicitou o desligamento após receber uma proposta do Shimizu S-Pulse, do Japão. A informação foi publicada, primeiramente, pelo "ge" e confirmada pelo UOL Esporte.

Diretoria e elenco foram pegos de surpresa com a notícia. O grupo, inclusive, treinou na manhã deste domingo, em preparação para encarar o Náutico, na terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Essa foi a segunda passagem do treinador por São Januário. Ele somou 12 vitórias, oito empates e cinco derrotas, e o Vasco vinha de sequência de dez partidas sem perder. Na Série B, a campanha até aqui invicta deixa o time na quarta colocação, com 18 pontos em dez rodadas.

Zé Ricardo foi contratado para a temporada de 2022 em meio a uma reformulação no departamento de futebol, após o Cruz-Maltino não conseguir o acesso à Série A no ano passado. Após um início com bons resultados no Campeonato Carioca, o trabalho oscilou e a equipe apresentou desempenho aquém do esperado.

A eliminação na segunda fase da Copa do Brasil, ao perder nos pênaltis para a Juazeirense, e o começo cambaleante na Série B deixaram o treinador e o diretor de futebol Carlos Brazil na rota das críticas da torcida —ele, inclusive, conversou com membros de uma organizada no embarque para Chapecó. Apesar dos pedidos por mudanças, a cúpula do clube manteve os profissionais.

Ainda na Segundona, o Vasco conseguiu indicar um trabalho mais sólido, principalmente no setor defensivo, e chegou ao G4, criando uma maior estabilidade para o trabalho. Apesar do atual cenário, Zé Ricardo pediu para deixar o clube de São Januário, que agora vai ao mercado em busca de um substituto.

Gerente executivo de futebol do Vasco, Carlos Brasil se pronunciou através da TV oficial do clube. Ele agradeceu o trabalho realizado pelo treinador e afirmou que a cúpula "trabalha incansavelmente para a escolha de um novo profissional".

"Como já noticiado pelo clube, entre ontem e hoje recebemos o pedido de saída do Zé Ricardo e da comissão, considerando o Cléber, auxiliar, o Fábio Eiras, preparador físico. Receberam uma proposta de um outro clube fora do Brasil. A gente, neste momento, só tem agradecimento a eles por tudo que realizaram durante esse período aqui no clube e desejar total sucesso a eles", disse.

"A partir deste momento, a diretoria, juntamente ao comitê de futebol, trabalha incansavelmente para a escolha de um novo profissional para que possamos dar continuidade ao projeto e aos processos delineados desde o início, para que possamos atingir o resultado final que é o acesso à Série A", completou.