Técnico do LEC tem dúvidas para enfrentar a Liga Áureo Nogueira De Londrina O técnico do Londrina, Val de Mello, repetiu no treino coletivo de ontem à tarde o mesmo esquema adotado no empate contra o Paraguaçuense, na quarta-feira: 3-5-2, com três zagueiros e dois alas. Mas não conseguiu definir o time que amanhã participa da festa da Liga Londrinense de Futebol, enfrentando a Seleção Amadora. O jogo-treino será realizado no Estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD), a partir das 16 horas, com ingresso a R$2. Mulheres e crianças até 15 anos não pagam. A dúvida de Val de Mello está na ala direita. Mazinho, que jogou em Paraguaçu Paulista, no meio da semana, sentiu uma torsão de tornozelo e não treinou ontem. No seu lugar atuou o recém-contratado Ânderson. Mazinho pode ser poupado no jogo-treino de amanhã. Nesse caso, Ânderson faz sua estréia com a camisa do Tubarão. Nas outras posições, o time titular no coletivo foi o mesmo que empatou no interior de São Paulo. O centroavante Moisés pode ser contratado ainda hoje. O atacante foi sondado pelo Londrina no início das contratações, mas não veio porque pediu salário acima do teto estabelecido pela diretoria. Acabou acertando com o Oeste, de Itápolis, que disputa a Série A-3 Paulista (Terceira Divisão). Em seu lugar veio Ângelo, que chegou e acabou indo embora antes mesmo de jogar. Diante da desistência de Ângelo, ontem o coordenador-geral, Célio Guergoletto, conversou pelo telefone com Moisés. O centroavante demonstrou interesse em jogar no Londrina e se comprometeu a dar uma resposta até o meio-dia de hoje. Prevendo a possibilidade de Moisés não acertar, o supervisor Sérgio Amílcar Pereira (o Soco) fez contatos com outros atacantes.