|
  • Bitcoin 139.435
  • Dólar 4,7700
  • Euro 5,1187
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 15/03/2022, 15:18

TAS nega recurso e mantém russos fora da Liga dos Campeões e da Euro

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 15 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) anunciou nesta terça-feira (15) que negou um recurso da Federação Russa de Futebol e manteve a decisão da Uefa de proibir que a seleção e os clubes do país disputem torneios internacionais. Com isso, os russos devem mesmo ficar fora da Liga dos Campeões, da Eurocopa e das demais competições europeias de futebol.

"A decisão desafiada segue em vigor, e todos os clubes e seleções da Rússia continuam suspensos de participar de competições da Uefa", resume a nota oficial do TAS. Além da Champions e da Liga Europa, os times russos também perdem o direito de jogar a Conference League. Já a seleção russa fica vetada da Liga das Nações e das Eliminatórias para a próxima Eurocopa, que deve começar em 2023. A proibição vale para equipes profissionais e de base.

A posição do TAS tem consequência imediata na Liga Europa: o Spartak Moscow fica proibido de jogar as oitavas de final da Liga Europa e por isso o RB Leipzig tem classificação automática à próxima fase.

Esta decisão do TAS, no entanto, ainda não tem nada a ver com a participação da Rússia na repescagem das Eliminatórias para a Copa do Mundo, que é responsabilidade da Fifa —não da Uefa. O tribunal promete decidir sobre esta questão ainda nesta semana.

As sanções ao futebol russo são parte da reação de vários países europeus à invasão da Ucrânia pela Rússia, uma guerra que já dura três semanas. Entre outras restrições, bilionários russos donos de clubes de futebol estão tendo empresas congeladas e tendo que vender seus clubes, sendo o caso mais importante o do Chelsea de Roman Abramovich.