|
  • Bitcoin 144.507
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 08/05/2022, 15:15

Suspeito de atropelar e matar policial em SC é preso após duas semanas

PUBLICAÇÃO
domingo, 08 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu, na tarde deste sábado (7), o suspeito de matar o cabo da PM (Polícia Militar) Alexandre Maciel, 40, em 24 de abril, na cidade de Massaranduba (SC).

Maciel morreu atropelado ao dar ordem de parada a um veículo. Quem dirigia era um foragido que jogou o carro contra ele para fugir da abordagem.

Segundo a polícia civil, o suspeito, que não teve o nome divulgado, foi preso em Blumenau (SC), no bairro da Velha. O delegado Rodrigo Raitez, que coordenou a ação, contou que os agentes chegaram ao paradeiro dele por meio de trabalho de inteligência. Ele estava escondido no local há alguns dias.

O suspeito foi preso em um quarto, não estava armado e não ofereceu resistência. Uma mulher suspeita de dar guarida a ele também estava no imóvel.

Segundo o delegado Raitez, havia uma pequena porção de cocaína e ecstasy no local, e os dois serão autuados em flagrante por tráfico de drogas.

O homem já tinha prisão decretada e estava foragido. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau após ser ouvido e autuado pela Polícia Civil.

O atropelamento

O PM morreu no km 50 da rodovia SC-108 na noite de 24 de abril. Ele atendia a uma ocorrência de acidente na via e fez sinal de parada para o carro de um motorista que seria foragido.

O homem atropelou o PM, abandonou o veículo e fugiu para uma área de mata.

Maciel chegou a ser socorrido por bombeiros voluntários para uma Unidade de Pronto Atendimento da região, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O policial, que entrou na corporação em 2006 e trabalhava há 10 anos no setor rodoviário da PM, deixou a esposa e dois filhos.