A maldição do pole position que nunca vencia a Corrida do Milhão chegou ao fim na Stock Car. Rubens Barrichello fez uma corrida que relembrou seus tempos áureos na Fórmula 1 e se tornou ontem o mais novo milionário da categoria, em Goiânia. Com seu primeiro triunfo na categoria, Barrichello levou para casa um prêmio de R$ 1 milhão. Trocando posições incessantemente com Thiago Camilo, que já venceu a Corrida do Milhão duas vezes, Barrichello assumiu a liderança a três voltas para o fim, e cruzou a linha de chegada com uma vantagem de apenas 0s186.
. Eu preciso agradecer à minha equipe e dizer que nós tínhamos um carro excelente desde a pole position, e a corrida foi se desenvolvendo de forma muito natural. O sentimento é de muita emoção, principalmente por ter meus filhos na torcida - disse o piloto.
Logo após parar seu carro, Rubinho fez outra coisa para lembrar sua época na Ferrari na Fórmula 1: sambou no teto de seu carro.
Por razões contratuais, Barrichello dará 50% do valor recebido àsua equipe, a Full Time.
- Do meu (prêmio), parte vai para meu instituto. Outra vai para financiar a carreira das crianças no kart, que está ficando caro. Mas o mais importante é a vitória. É gostoso falar no milhão, mas o efeito da vitória é muito mais gostoso - completou.
Em terceiro chegou Galid Osman, companheiro de Camilo na RCM. O quarto colocado, Átila Abreu, da Mobil Super Racing, assumiu a liderança do campeonato.
Com 76 pontos, ele superou Thiago Camilo, que ocupa agora a segunda posição, quatro pontos atrás. O terceiro é Júlio Campos, com 71, seguido por Barrichello, com 69.
A próxima etapa acontecerá em Cascavel (PR), no dia 17.

Imagem ilustrativa da imagem STOCK CAR - Samba do milionário