|
  • Bitcoin 125.038
  • Dólar 5,1592
  • Euro 5,3271
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 27/06/2022, 19:19

Sondagem por titular do Corinthians e técnicos livres agitam mercado do futebol

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 27 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O mercado da bola do futebol nacional e internacional continua agitado, com especulações e desfechos em meio à janela de transferências pelo mundo.

No Brasil, o destaque vai para o Corinthians, que recebeu um contato do Milan pelo zagueiro Raul Gustavo, que é cria da base e vem se destacando no time titular.

O São Paulo também virou tema, já que vê a negociação pela renovação do meio-campista Igor Gomes emperrada —ele tem vínculo até março do ano que vem com a equipe do Morumbi.

Já na Europa, as novidades giram em torno do futuro da novela envolvendo Lewandowski, que quer deixar o Bayern de Munique rumo ao Barcelona.

Há ainda um ingrediente a mais na "dança dos técnicos": Odair Hellmann rescindiu com o Al Wasl e está livre para assinar com qualquer clube.

A reportagem destaca as principais notícias do dia no mercado da bola. Confira algumas movimentações abaixo:

CORINTHIANS RECEBE SONDAGEM POR RAUL GUSTAVO

O Milan está interessado na contratação de Raul Gustavo, do Corinthians. À procura de zagueiros no mercado da bola, os italianos fizeram contato com o time alvinegro para buscar informações do jogador titular do time do técnico Vitor Pereira. Não houve uma proposta até hoje.

Além do Milan, outros clubes europeus de grandes ligas se mostraram interessados em Raul Gustavo e fizeram contato com o Corinthians. A janela de transferências na Itália abre nesta sexta-feira (1º). Ele tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2024. Nesta temporada, o atleta fez três gols, deu uma assistência e atuou 21 vezes.

GRÊMIO OFICIALIZA CONTRATAÇÃO DE LUCAS LEIVA

Agora é oficial. Lucas Leiva está de volta ao Grêmio após 15 anos. Nesta segunda-feira (27), o clube gaúcho anunciou o retorno do volante revelado na base gremista e que estava livre no mercado da bola depois de deixar a Lazio, da Itália. O jogador é o primeiro reforço do clube gaúcho para o restante da Série B do Campeonato Brasileiro.

Aos 35 anos, Leiva assinou com o Grêmio até o final de 2023. O acordo ocorreu depois de idas e vindas nas tratativas, com direito a sondagem do Botafogo e dois times da Turquia.

RENOVAÇÃO DE IGOR GOMES

Fundamental nos últimos jogos do São Paulo para o esquema do técnico Rogério Ceni, mas ainda visto com desconfiança por parte da torcida, Igor Gomes se prepara para um momento crucial de sua trajetória no time tricolor: a renovação ou não do contrato, que acaba em março de 2023. Ontem, após o empate sem gols do São Paulo com o Juventude, em pleno Morumbi, o meio-campista comentou sobre a expectativa para prolongar ou não o vínculo.

"Meu processo de renovação está muito bem encaminhado. Estamos conversando. Falei para o pessoal que me representa que quero deixar o clube muito bem. Sinto que o clube me abraça e me apoia. Vamos conversar para chegar em um acordo bom para os dois lados. Estamos conversando", disse.

FUTURO INCERTO

Rodrigo Moledo foi fundamental na vitória do Inter por 3 a 0 sobre o Coritiba, na última sexta-feira (24). O defensor voltou a ser titular e garantiu a segurança no setor, principalmente na bola aérea, que vinha sendo motivo de críticas, e entrou de vez na briga por vaga.

Enquanto suas boas atuações o colocam na briga pela titularidade definitiva, Moledo convive com uma incerteza nos bastidores. O vínculo dele com o Inter vence na conclusão deste ano, e ainda não há, segundo apurou o UOL Esporte, movimentação para renovação. Dentro de alguns dias ele poderia, inclusive, negociar um pré-contrato de olho na temporada 2023.

ODAIR HELLMANN RESCINDE CONTRATO

Odair Hellmann não é mais técnico do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos. O treinador negociava há algum tempo a rescisão de contrato ao fim da temporada árabe, ocorrida em maio, e agora está livre no mercado.

Ex-treinador de Inter e Fluminense, ele deixa o clube com a melhor campanha nas últimas quatro temporadas na Liga e semifinalista da Copa do Presidente. Ao todo foram duas temporadas em que esteve no reservado por 59 partidas.

TIAGO NUNES LIVRE NO MERCADO

Tiago Nunes ficou quase um mês na Europa. Passou por Portugal e Espanha. Acompanhou vários jogos, conheceu estruturas, voltou a pisar na arquibancada e, especialmente, ampliou a carteira de contatos. Mas trabalhar agora no Velho Continente ainda não está nos seus planos.

Livre no mercado da bola desde março, o treinador gaúcho, apesar de se ver num "perfil diferente", quer solidificar a carreira no Brasil. Também está de olho nas oportunidades nos países vizinhos. Tem bastante interesse em experimentar outras ligas sul-americanas —chegou, inclusive, a recusar na semana passada uma oferta do Independiente Medellín, da Colômbia.

LUCRO ALVIVERDE

O Palmeiras vai lucrar com a negociação de Gabriel Jesus do Manchester City para o Arsenal, acertada em 45 milhões de libras (cerca de R$ 290 milhões). O time alviverde receberá cerca de 3,1 milhões de libras (cerca de 20 milhões). Isso porque o clube tem direito a aproximadamente 7,1% do valor total, sendo 5% de direitos econômicos e 2,09% de mecanismo de solidariedade como clube formador.

Gabriel Jesus viaja entre esta terça-feira (28) e quarta-feira (29) para exames, assinatura do vínculo e início da pré-temporada nos Gunners. Favorito desde o início, o Arsenal venceu a concorrência de Chelsea e Tottenham, entre outros, para fechar com o atacante um contrato multimilionário de cinco anos.

LEWANDOSKI CONTINUA NO BAYERN

O Bayern de Munique rejeitou uma proposta no valor de 40 milhões de euros (cerca de R$ 220 milhões) do Barcelona por Lewandowski. Querendo segurar o atual melhor jogador do mundo na Bavária, o diretor de futebol Oliver Kahn afirmou em entrevista que o polaco não sairia da Alemanha nesta janela de transferências.

Mesmo com a declaração, o Bayern admite a venda do atacante, mas subiu o sarrafo: os alemães só aceitariam uma oferta no valor de 60 milhões de euros (R$ 331,6 milhões). Enquanto o Barcelona, em crise financeira, tenta negociar, os agentes do jogador pressiona os catalães por conclusão do negócio.