|
  • Bitcoin 124.982
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 23/02/2022, 22:21

Sob olhar de Textor, Botafogo perde para o Flamengo, que vira vice-líder

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Com John Textor, investidor da SAF do Botafogo, no Nilton Santos, o time alvinegro perdeu para o Flamengo por 3 a 1 nesta quarta-feira (23), em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Carioca.

O time de Paulo Sousa dominou as ações da partida e conseguiu construir uma boa vantagem ainda no primeiro tempo, com gols de Pedro e Gabigol. Também na etapa inicial, duas decisões da arbitragem comandada por Grazianni Maciel Rocha causaram revolta nos alvinegros.

Após uma cobrança de escanteio ensaiada, Pedro dividiu com Matheus Nascimento, e a bola desviou no braço do camisa 21 flamenguista. Os jogadores do Botafogo cercaram o árbitro pedindo pênalti, mas, após análise do VAR, a arbitragem mandou o jogo seguir.

Pouco depois, Fabricio Bruno, ao tentar afastar a bola de carrinho, atingiu Chay de maneira forte, e os alvinegros pediram cartão ao adversário, o que não dado.

Na saída do intervalo, os árbitros encontraram dificuldades para descer ao vestiário. Ao tentar chegar ao local, torcedores do Botafogo xingaram e arremessaram objetos na direção deles. Policiais tiveram que interferir. No retorno para o segundo tempo, eles utilizaram outro acesso ao campo.

Já na etapa final, o Botafogo tentou mudar o cenário da partida e buscar ter maior presença no campo de ataque. A equipe alvinegra ainda chegou a balançar a rede em finalização de Chay, mas dois jogadores em posição irregular tentaram desviar a bola, o que causou anulação.

Apesar do Botafogo aumentar a intensidade, quem chegou a um novo gol foi o Flamengo, desta vez com Arrascaeta. Nos minutos finais, o time alvinegro diminuiu. Após cruzamento para a área, Fabinho cabeceou para a área, e Leo Pereira acabou mandando a bola contra a própria meta.

Com o resultado, o time rubro-negro assumiu a segunda colocação, agora com 19 pontos —dois atrás do líder Fluminense—, e está próximo da classificação à semifinal do Estadual. Já o Botafogo permaneceu com 16, ainda no G4 da tabela.

Vale lembrar que o Resende, na quinta colocação, tem oito pontos e um jogo a menos. Ainda há três rodadas a serem disputadas no torneio.

Na próxima rodada, o Botafogo visitará a Portuguesa-RJ, no Luso-Brasileiro, enquanto o time da Gávea vai receber o Resende, mais uma vez no Nilton Santos.

BOTAFOGO

Gatito Fernández, Daniel Borges, Kanu, Joel Carli e Jonathan (Vitor Marinho); Breno (Kayque), Barreto, Fabinho e Luiz Fernando (Erison); Chay e Matheus Nascimento. T. (interino): Lucio Flávio

FLAMENGO

Hugo Souza, Fabrício Bruno, David Luiz (Filipe Luis) e Léo Pereira; Matheuzinho, Willian Arão (João Gomes), Arrascaeta (Marinho), Andreas Pereira e Lázaro (Vitinho); Gabigol e Pedro (Bruno Henrique). T.: Paulo Sousa

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thayse Marques Fonseca

VAR: Rodrigo Nunes de Sá

Cartões amarelos: Matheus Nascimento, Kanu, Barreto, Luiz Fernando, Carli, Lucio Flávio (técnico, BOT); João Gomes (FLA)

Gols: Pedro (FLA), aos 8', e Gabigol (FLA), aos 49'/1ºT; Arrascaeta (FLA), aos 27', e Leo Pereira (contra, BOT), aos 39'/2ºT