Das Agências
O primeiro teste para valer mesmo do novo carro da Ferrari, o F1-2000 será hoje, mas ontem Michael Schumacher já completou quatro voltas na pista de Fiorano com o mesmo, realizando com êxito o chamado shakedown, teste primário dos seus sistemas. O piloto alemão iniciou o treino com atraso em razão de os mecânicos não conseguirem completar antes a montagem final do novo modelo. ‘‘Não pude exigir muito do carro porque havia pouca luz’’, disse Schumacher. ‘‘O importante é que tudo funcionou bem’’, comentou.
O carro, lançado na última segunda-feira, ainda está sendo concluído. O desenvolvimento do modelo deve se estender até o início da temporada, em março, com participação ativa de Michael Schumacher. O brasileiro Rubens Barrichello continua treinando com o F-399, usado no ano passado, equipado com componentes do F1-2000.
O recorde do circuito de Fiorano, de 2.976 metros é de Luca Badoer, piloto de testes da Ferrari, que dia 26 de janeiro fez 1min00s266. Rubens Barrichello fez testes de eletrônica com o modelo do ano passado, F3-99. No total, completou 40 voltas, sendo a melhor em 1min05s989.
Segundo a revista esportiva Autosprint, o novo carro tem 80 quilos a menos que os 600 kg (incluindo o piloto) de peso mínimo estabelecidos no regulamento da Fórmula 1. O projetista da Ferrari, Rry Byrne, e o diretor-técnico, Ross Braw, apostam numa distribuição de peso revolucionária para fazer frente ao MP4/15 da McLaren. O modelo da equipe inglesa ainda não encontrou seu melhor desempenho: teve quebras seguidas durante os primeiros treinos, em Jerez de la Frontera.
Surpreendendo – O piloto holandês Jos Verstappen, da equipe Arrows, pelo segundo dia consecutivo foi o mais rápido na bateria particular de testes da Fórmula 1, que quatro escuderias estão realizando no circuito da Catalunha, em Barcelona. Depois de 56 voltas, Verstappen melhorou a marca de terça-feira, marcando, desta vez, 1min20765 (contra 1min21s90). Hoje o carro será pilotado pelo espanhol Pedro de la Rosa.
O alemão Heintz-Harald Frentzen, da Jordan, que terça-feira só pôde completar duas voltas, deu ontem 39 voltas marcando o segundo melhor tempo (1min21s96). Hoje, a McLaren se juntará a estas equipes com o finlandês Mika Hakkinen.
Os tempos de ontem: 1º, Jos Verstappen (Arrows), 1min20s765 (56 voltas); 2º, Heinz-Harald Frentzen (Jordan), 1min21s96 (39); 3º, Jarno Trulli (Jordan), 1min22s15 (40); 4º, Alexander Wurz (Benetton), 1min23s27 (38); e 5º, Nick Heidfeld (Prost), 1min24s76 (42).
Já no circuito de Kyalami (perto de Johannesburgo), na África do Sul, o alemão Ralf Schumacher, com uma Williams, foi o mais rápido na sessão de testes com o tempo de 1min28s892. Ele utilizou pneus slick na pista molhada, durante 64 voltas, quando já havia parado de chover. Em segundo ficou o canadense Jacques Villeneuve (BAR), com 1min30s924; e em terceiro o inglês Jensen Button (Williams), 1min37s047.Piloto alemão vai para o cockpit do novo carro na pista de Fiorano. Na Espanha, a Arrows continua surpreendendo
- Giorgio Benvenuti/AENEM O GOSTINHOMichael Schumacher deu apenas quatro voltas ontem com o novo carro da Ferrari, o F1-2000, na pista de Fiorano, pois já estava quase anoitecendo