Sarapatel pode ter causado doping Dois nadadores de longa distância tiveram seu exame antidoping positivo pela presença de nandrolona, e responsabilizaram o sarapatel - prato típico do nordeste - pelo resultado. A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou ontem a suspensão por quatro anos dos nadadores David Meca (Espanha) e Igor Majcen (Eslovênia) por uso de substância proibida. O exame antidoping acusou positivo após uma prova realizada na cidade de Salvador, na Bahia. Os dois atletas responsabilizaram um prato de sarapatel - que contém carne de porco não-castrado. ‘‘Os nadadores alegam que comeram o prato no hotel’’, disse um dirigente da entidade. Os nadadores apresentaram um recurso em dezembro, mas a suspensão foi confirmada ontem.