|
  • Bitcoin 101.851
  • Dólar 5,2536
  • Euro 5,4873
Londrina

Reforço

Atualizado em 07/01/2022, 14:56

São Paulo sonha alto para buscar última peça para o time titular de Ceni

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 07 de janeiro de 2022

BRUNNO CARVALHO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Ativo no mercado desde o fim da última temporada, o São Paulo ainda tem como missão buscar mais uma peça para o time titular de Rogério Ceni. Dos pedidos feitos pelo treinador, o que ainda falta é a contratação de um atacante de velocidade -e o time do Morumbi sonha alto.

Os dois nomes pelos quais a diretoria admitiu publicamente o interesse demandariam investimentos altos para um clube em grave crise financeira. Se for para trazer jogadores com o valor de mercado de Douglas Costa ou Soteldo, o São Paulo espera encontrar um parceiro que o ajude ao menos a arcar com parte dos salários.

No fim da tarde de quinta-feira (6), o clube do Morumbi deu por encerradas as tratativas com o atacante do Grêmio. Com isso, o foco se vira totalmente para o venezuelano. É realmente nessa posição que o São Paulo pretende fazer um grande investimento para a temporada.

Para os outros setores, o clube tem apostado em oportunidades de mercado mais em conta.Para ter mais margem de investimento, o departamento de futebol procurou enxugar a folha salarial ao liberar dez atletas do elenco que terminou a temporada. O time do Morumbi estima uma economia de R$ 2 milhões, entre salários e direitos de imagem só com as saídas.

Um atacante de velocidade é visto como uma necessidade por Ceni desde que chegou ao São Paulo. O treinador gosta de jogar com pontas, mas entende que não tem peças no elenco para atuar dessa maneira. O elenco de 2021 foi montado com base em demandas de Hernán Crespo, que preferia usar alas nas investidas pelas extremidades.

O São Paulo terminou a temporada apenas com o jovem Marquinhos como opção de velocidade. Ele foi alçado ao profissional por Crespo, que o escalou como titular diante do Racing (ARG) nas oitavas de final da Libertadores -mas num papel de segundo atacante, fazendo dupla com Rigoni.

Sem as peças que julga necessárias, Ceni escalou na maioria dos jogos um time na formação 4-4-2, afirmando que entendia ser o melhor esquema para atuar com aquela versão do elenco. Para 2022, a tendência é que a maneira de jogar mude.Para isso, o São Paulo já trouxe opções ao treinador em outros setores.

Rafinha deve assumir a titularidade da lateral direita. Ele tem características mais ofensivas do que Igor Vinícius, que não convenceu e vai para o banco de reservas. Outra opção para a posição, Orejuela foi emprestado ao Grêmio.No meio, a iminente saída de Liziero ao Internacional abrirá espaço para Gabriel.

Contratado na janela do meio do ano passado, o uruguaio agradou a Ceni e deve brigar por posição com Luan, Igor Gomes e Rodrigo Nestor, prováveis titulares do setor no início da temporada. Além deles, Patrick e Alisson reforçarão a equipe e serão opções experientes.A janela de transferências brasileira abre apenas no dia 19 de janeiro e fecha em 12 de abril. O primeiro compromisso do time do Morumbi será no dia 27 de janeiro, quando estreia no Paulistão contra o Guarani.