São Paulo cede empate em Araras18/Mar, 18:13 Araras, SP, 18 (AE) - Depois de estar vencendo por 2 a 0 no primeiro tempo, o São Paulo recuou e cedeu o empate em 2 a 2 ao União São João, hoje à tarde, em Araras, pela terceira rodada da segunda fase do Campeonato Paulista. Com esse resultado, o Tricolor, que vinha de duas vitórias, subiu para sete pontos ganhos e manteve a liderança no Grupo 3. O União chegou a 5 pontos e, até o final da rodada deste final de semana lidera o grupo 5. França e Edmilson marcaram para o São Paulo. Jeda e Junior Amorim fizeram os gols do União. A partida começou equilibrada mas, estimulado pela torcida, o União tinha maior presença no ataque. Chegou a criar duas boas oportunidades, mas quem conseguiu marcar foi o São Paulo. Aos 11 minutos, Marcelinho cobra escanteio pela direita. Na primeira trave, Edu desvia a bola de cabeça e encontra França livre na esquerda. O atacante, também de cabeça, faz 1 a 0. No lance, França se choca contra a trave e se contunde. Após o gol, o União se abriu em busca do empate, mas acabou tomando o segundo gol. Aos 28 minutos, outra vez Marcelinho cobra escanteio pela direita. Edmilson se antecipa à zaga e, mais uma vez, marca de cabeça. Irritado, o técnico do União, Heron Ferreira, resolve mexer no miolo da zaga: sai Vágner e entra Bernardi, um jogador mais alto e, em tese, em melhores condições para anular a jogada aérea do São Paulo. A equipe da casa melhora e chega a ameaçar o São Paulo. Aos 33 minutos, após uma jogada pela direita, Belletti tira de cima da linha na mais clara oportunidade de gol do União em toda a primeira etapa. O São Paulo voltou para o segundo tempo sem França, que não se recuperou da pancada sofrida ao marcar o gol. O técnico Levir Culpi opta pela entrada do zagueiro Paulão. A decisão alterou completamente a forma de atuar da equipe tricolor. O time passou a privilegiar a defesa, em detrimento do ataque. O objetivo de Levir Culpi era suportar a pressão com uma forte marcação na intermediária defensiva e partir em velocidade no contra-ataque. A estratégia caiu por uma razão simples: o São Paulo não tinha jogadores velozes no ataque - restrito a Edu e Evair. Sem mais nada a perder, o União foi à frente, sufocando o São Paulo em seu campo. A partir dos 25 minutos, com a entrada do atacante Rafael no lugar do lateral direito Jura, o União consolidou definitivamente o domínio. Aos 27 minutos, Rafael desce pela direita e, da linha de fundo, cruza rasteiro. Jeda se antecipa à zaga e marca. Cinco minutos depois, Junior Amorin empata cobrando uma penalidade máxima cometida por Paulão. O destaque negativo do jogo foi a dupla de arbitragem - Cléber Welington Abade e Anselmo da Costa. Os dois erraram ao não marcar dois pênaltis claros: um a favor e outro contra o São Paulo. Ficha Técnica: União S. João x São Paulo. França, aos 11 e Edmilson, aos 27 minutos do 1º tempo. Jeda, aos 27 e Junior Amorin, aos 32 minutos do segunto tempo. União S. João Júlio César, Jura (Rafael), Ariomar, Augusto e Léo; Flávio, João Batista (César Baiano), Wagner (Bernardi) e Juninho; Júnior Amorim e Jeda. Técnico Heron Ferreira. São Paulo Rogério, Belletti (Pimentel), Edmilson, álvaro e Fábio Aurélio; Axel, Wagner, Edu e Marcelinho (Souza) ; Evair e França (Paulão). Técnico Levir Culpi. Juízes Cléber Welington Abade e Anselmo da Costa. Cartão amarelo Flávio, Axel, Edu. Local estádio Herminio Ometto (Araras) árbitro - Cléber Abade e Anselmo da Costa. Renda Não divulgada Público Não divulgado Local - estádio Hermínio Ometo, Araras, SP Horário - 16hs