Limeira, SP, 25 (AE) - O Santos conseguiu uma importante vitória hoje à tarde em Limeira. Venceu a Internacional por 2 a 1, de virada e se manteve na liderança do Grupo 6 agora com 10 pontos ganhos. Apesar de dominar o primeiro tempo, o time falhou nas conclusões com o técnico Carlos Alberto Silva fazendo entrar Caio no segundo tempo, deixando o time mais ofensivo.
"Sabíamos que íamos encontrar muitos problemas em Limeira, mas com muita força e principalmente uma forte marcação o Santos conseguiu uma vitória muito importante", explicou o técnico no final da partida. "Eu senti no final do primeiro tempo que os jogadores da Inter estavam sentindo um certo desgaste, e por isso decidi colocar mais um atacante", disse o treinador. Já Basílio, lamentava o segundo gol sofrido. "Falhamos quando não podíamos e o resultado não poderia ser diferente", disse o técnico do time de Limeira.
O gol logo aos 6 minutos do primeiro tempo fez que a Inter jogasse praticamente o restante do tempo na defesa, esperando o santos para jogar no contra ataque. Antes do gol do time de Limeira, o santos mostrou que foi ao interior para buscar a vitória, tendo duas chances para abrir o marcador. Logo aos 2 minutos, Baiano chutou da entrada da área e levou perigo para o goleiro Régis. Três minutos depois, numa falha de Daniel Frasson, Michel ficou sozinho e chutou para boa defesa do goleiro do time limeirense.
Aos 6 minutos após boa jogada de Paulinho, Edmundo surgiu livre de marcação e marcou para a Inter. Com a vantagem, a equipe de Limeira recuou e o Santos passou a comandar o meio campo mas sem conseguir levar perito ao goleiro Régis. Dodô, muito longe da área, não mostrava um bom futebol. Aos 37 minutos Régis fez uma grande defesa num chute de Dutra, após tabela com Valdir. O gol de empate do Santos aconteceu aos 47 minutos, depois de chute de Valdo, a bola sobrou para Valdir, que apenas teve o trabalho de virar o corpo e marcar.
Para o segundo tempo o Santos voltou com Caio em lugar de Roberto, com o técnico Carlos Alberto Silva procurando dar mais ofensividade ao time que havia empatado no final do primeiro tempo e mostrava que poderia chegar a vitória. Logo aos 8 minutos, Dodô perdeu um gol incrível. Depois de receber a bola de Valdir ele tocou na saída de Régis, com a bola batendo na trave e voltando para as mãos do goleiro.
A Inter continuava jogando recuada e somente aos 15 minutos, num chute de Emerson de fora da área, levou perigo ao goleiro Carlos Germano. Dois minutos depois Dodô voltou a perder mais um gol. Aproveitando lançamento de Caio, o jogador chutou longe da meta do goleiro Régis. O técnico Basílio acabou tirando Élder e colocando Danilo, e foi numa jogada desse jogador que o time de Limeira teve condições de fazer os segundo gol, quando Edmundo ajeitou de cabeça para Paulinho, com Carlos Germano fazendo grande defesa.
Aos 40 minutos, Claudiomiro acabou sendo expulso depois de agredir Danilo. Um minuto depois Caio fez boa jogada, com Samuel fazendo falta, sendo expulso também. Quando todos esperavam pelo empate, o lateral Carlos Roberto saiu jogando errado. Perdeu a bola para caio que chutou da entrada da área para decretar a vitória do Santos em Limeira. No final da partida Caio dizia que teve mais tempo de mostrar seu futebol, esperando continuar como titular. Para o atacante Valdir, o santos vem melhorando a cada partida e a tendência é conseguir novas vitórias. Ficha Técnica: Inter 1 x 2 Santos. Gols: Edmundo, aos 6, Valdir, aos 47 minutos do primeiro tempo; Caio, aos 47 minutos do segundo tempo.
Inter: Régis; Dirlei (Carlos Roberto), Jorginho, Samuel e Cleisler; Emerson, Élder (Danilo), Daniel Frasson e Luciano; Paulinho e Edmundo (Marquinhos). Técnico: Basílio Santos: Carlos Germano; Michel, Galván, Márcio Santos e Dutra(Rubens Cardoso); Baiano(Anderson Luis), Claudiomiro, Valdo e Robert (Caio); Dodô e Valdir. Técnico: Carlos Alberto Silva. Juizes Ilson Honorato dos Santos e Tadeu Bosco da Cruz Cartão Amarelo, Luciano, Daniel Frasson, Baiano, Dutra, Márcio Santos Cartão Vermelho: Claudiomiro e Samuel Local: Estádio Limeirão.