Santos segue exemplo do Inter e tem investidor para manter Yuri Alberto


EDER TRASKINI
EDER TRASKINI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A briga entre Santos e Internacional pelo atacante Yuri Alberto terminou com vitória do Peixe, que igualou a oferta contratual do Colorado para o centroavante. Para tanto, o Santos conta a ajuda de um investidor, tendo prazo para depositar o valor.

O Inter, em nota, já "desistiu" do negócio e desejou sorte ao atleta no clube da Vila Belmiro. O Colorado, também por meio de um investidor, ofereceu ao jovem centroavante R$ 10 milhões pagos à vista em agosto: R$ 5,2 milhões como luvas e R$ 4,8 milhões de direito de imagem.



Para manter o atleta na Vila Belmiro, o Peixe ofereceu os mesmos termos do acordo ofertado pelos gaúchos. Pela Lei Pelé, o alvinegro tem a preferência da renovação do primeiro contrato profissional do atleta por ser o clube formador, desde que as propostas sejam idênticas.

A manobra santista é parecida com a que foi feita com Robson Bambu, que preferiu assinar com o Athletico-PR mesmo diante da preferência do Peixe. O Santos venceu o Furacão na Justiça, com direito a receber R$ 7 milhões de indenização.

Igualando a proposta do Colorado, o Peixe está amparado juridicamente para repetir a estratégia utilizada com Bambu caso Yuri optasse por assinar com o Internacional. No entanto, após o Santos ter igualado a proposta, a promessa de seu estafe é que ele se reapresente e volte a treinar no clube, como manda a Lei Pelé.

Yuri estava encostado no Peixe, mas ganhou chances na reta final de seu contrato, um incentivo para renovar com o clube da Vila Belmiro. Ele foi titular em cinco partidas, entrou em mais uma e marcou um gol.



O centroavante subiu ao profissional junto com Rodrygo no fim de 2017, mas ao contrário do "raio", não explodiu na equipe de cima. Enquanto Rodrygo brilhou e foi vendido ao Real Madrid (ESP), Yuri acumulou "descidas" aos times de base.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo