|
  • Bitcoin 121.259
  • Dólar 5,0515
  • Euro 5,2137
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 08/03/2022, 23:55

Santos joga mal na estreia de Bustos, mas vence Fluminense-PI nos pênaltis

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 08 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos sofreu muito, mas se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil. O time paulista venceu o Fluminense-PI nos pênaltis por 5 a 4 após empate em 1 a 1 no tempo normal. Mário Sérgio abriu o placar e Ricardo Goulart igualou.

Os pênaltis foram convertidos por Ricardo Goulart, Vinicius Zanocelo, Lucas Braga, Lucas Barbosa e Lucas Pires. Gabriel Pirani foi o único santista que errou a penalidade.

O Santos se classificou, mas não foi bem. O primeiro tempo foi de esquecer. Na etapa final, o clube continuou mal, porém, ao menos conseguiu empatar e teve chances para virar mesmo com a expulsão de Camacho. O gramado do Albertão já estava ruim e piorou com a chuva do segundo tempo. Vale destacar que um gol legal de Marcos Leonardo foi anulado.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Palmeiras no domingo (13), no Allianz Parque, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

Goulart não foi brilhante, mas foi quem mais deu trabalho para a defesa do Fluminense-PI. Ele fez o gol em ótima assistência de Gabriel Pirani. Zanocelo entrou muito bem e foi um leão no meio-campo. O goleiro João Paulo também fez grande defesa na etapa final.

Vinicius Balieiro e Sandry, dupla da base do Santos, não jogou nada bem e saiu no intervalo. Improvisado como lateral-direito, o volante errou tudo. E o meio-campista deu muito espaço ao Fluminense-PI.

No segundo tempo, Camacho, o mais velho do time, recebeu o segundo cartão amarelo em carrinho e foi expulso. O Santos conseguiu o empate mesmo assim.

Após uma semana de treinamentos com Fabián Bustos, o Santos apresentou os mesmos problemas: fragilidade defensiva e falta de criatividade ofensiva. O time perdeu todas as segundas bolas e não consegue se impor. O gramado e chuva não justificam tantos problemas para marcar no meio-campo.

A expectativa do Santos era dar alguns minutos ao estreante Auro, mas Fabián Bustos colocou o lateral-direito já no intervalo depois de péssima atuação de Vinicius Balieiro. Auro também não foi bem.

FLUMINENSE-PI

Nicolas; Gean, Michel, Ramon e Tiaguinho; Mazinho, Sapé (Maurício) e Janeudo (Waldir); Bismark (Tarcísio), Mário Sérgio (William Salvino) e Eduardo. T.: Marcelo Vilar

SANTOS

João Paulo, Vinicius Balieiro (Auro), Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Camacho, Sandry (Vinicius Zanocelo) e Ricardo Goulart; Ângelo (Lucas Barbosa), Marcos Guilherme (Lucas Braga) e Marcos Leonardo

T.: Fabián Bustos

Estádio: Albertão, em Teresina (PI)

Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)

Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Edevan de Oliveira Pereira (BA)

Cartões amarelos: Camacho, Kaiky e Vinicius Zanocelo (SAN); Tiaguinho (FLU))

Cartão vermelho: Camacho (SAN)

Gols: Mário Sérgio (FLU), aos 41'/1ºT; Ricardo Goulart (SAN), aos 36'/2ºT