|
  • Bitcoin 102.450
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 21/05/2022, 21:21

Santos empata sem gols com Ceará e frustra torcida em Barueri

PUBLICAÇÃO
sábado, 21 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Santos e Ceará empataram 0 a 0, neste sábado, na Arena Barueri, pela 7ª rodada do Brasileirão 2022. O jogo foi bastante movimentado, mas as equipes não conseguiram balançar as redes.

Com o resultado, o Santos chega a 11 pontos e fica na 4ª colocação, já o Vozão fica com 5 pontos na 19ª posição.

O próximo jogo do Santos será no próximo domingo (29), na Vila Belmiro, às 16h, contra o Palmeiras. O Ceará enfrentará o São Paulo no sábado (28), às 19h, no Morumbi.

O JOGO

O jogo foi bem disputado na primeira etapa, a equipe santista apostou muito nos quatro atacantes em campo e conseguiu criar boas jogadas. O Ceará apostou mais nos contra-ataques, o que levou certo perigo para o Santos. Apesar de muito movimentado e das boas chances, as equipes não conseguiram balançar as redes na primeira etapa.

Durante o segundo tempo, o Santos começou pressionando mais. As melhores chances foram construídas pelo time mandante, a primeira com Léo Baptistão arriscando de fora da área e a segunda foi uma finalização desperdiçada por Bryan Angulo. Santos e Ceará criaram as oportunidades, mas assim como no primeiro tempo, não conseguiram marcar gols.

PARALISAÇÕES

O VAR roubou a cena no segundo tempo da partida. A primeira chamada do árbitro de vídeo ocorreu no começo da segunda etapa, aos 11 minutos. Leo Baptistão recebeu passe de Lucas Pires e chutou de perna esquerda, mas o VAR anulou o gol por conta de uma falta no lance que originou o gol.

A segunda paralisação do jogo foi aos 19 minutos, o árbitro de vídeo viu agressão de Richard em cima de Jhojan Julio. A expulsão causou a revolta do atleta do Ceará.

QUEM FOI BEM: LEO BAPTISTÃO

O camisa 92 do Santos foi bem na partida, construiu as melhores jogadas e foi responsável por balançar as redes antes do gol ser anulado. Foram seis finalizações de Leo Baptistão durante a partida.

QUEM FOI MAL: BRYAN ANGULO

Mais uma vez Bryan Angulo não foi bem na partida, assim como no confronto contra o Goiás, o atacante santista perdeu oportunidades e não se entendeu na frente com Marcos Leonardo.

TORCEDORES ESGOTAM INGRESSOS E ALGUNS PERDEM O 1º TEMPO

Torcedores esgotam ingressos e alguns perdem o primeiro tempo A torcida santista lotou a Arena Barueri, foram mais de 25 mil torcedores presentes para assistir à partida. Entretanto, no primeiro tempo, alguns torcedores do Santos ainda não tinham conseguido entrar no estádio. O problema ocorreu porque uma catraca do estádio não estava funcionando, o que gerou aglomeração de torcedores do lado de fora, que perderam o primeiro tempo da partida.

INVENCIBILIDADE

O confronto de hoje foi marcado por duas marcas para a equipe do Santos. Quando mandante, o Peixe nunca foi derrotado pelo Ceará, foram oito jogos, cinco vitórias e três empates. A outra marca santista é a invencibilidade do Santos na Arena Barueri.

SANTOS

Santos: João Paulo; Madson (Lucas Braga), Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Vinícius Zanocelo (Sandry) e Léo Baptistão (Lucas Barbosa); Jhojan Julio (Ricardo Goulart), Marcos Leonardo e Bryan Angulo (Rwan). Técnico: Fabián Bustos

CEARÁ

João Ricardo; Michel, Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Rodrigo Lindoso, Richard Coelho e Lima (Nino Paraíba); Mendonza, Zé Roberto (Cléber) e Erick (Richardson). Técnico: Dorival Júnior.

Estádio: Arena Barueri, em Barueri

Árbitro: Savio Pereira Sampaio

Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade e Adriano de Assis Miranda

Cartões amarelos: Jhojan Julio (SAN)

Cartões vermelhos: Richard (CEA)